Sermão: FÉ DE QUALIDADE

FÉ DE QUALIDADE

“Saindo daquele lugar, Jesus retirou-se para a região de Tiro e de Sidom. Uma mulher cananeia, natural dali, veio a ele, gritando: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito. Mas Jesus não lhe respondeu palavra. Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós. Ele respondeu: Eu fui enviado apenas às ovelhas perdidas de Israel. A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: Senhor, ajuda-me! Ele respondeu: Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos. Disse ela, porém: Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos. Jesus respondeu: Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja. E naquele mesmo instante a sua filha foi curada.” (Mateus 15.21-28)

A história dessa mulher nos ensina como Deus amadurece a fé do seu povo amado, tornando-a uma fé de qualidade. Afinal, sem fé é impossível agradar a Deus. Sem fé não há esperança. Sem fé não há amor. Sem fé não há alegria. Mas, o que é uma fé de qualidade?

De acordo com o texto que lemos, é possível identificar na vida daqueles que possuem uma fé de qualidade alguns fatores de suma importância. Alguém cuja vida não revela esses fatores não pode ser identificado como uma pessoa que tem uma fé de qualidade.

1º Fator – ARREPENDIMENTO

“Saindo daquele lugar, Jesus retirou-se para a região de Tiro e de Sidom. Uma mulher cananeia, natural dali, veio a ele, gritando: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito.” (v.21-22)

A primeira qualidade da fé é o arrependimento. A fé de qualidade, a fé genuína produz arrependimento. Essa mãe está desesperada pelo estado de sua filha. Ela, então, clama a Jesus por misericórdia, pois está arrependida de sua idolatria e velha maneira de viver. 

O Evangelho de Marcos nos informa que essa mulher era grega, de origem siro-fenícia. Astarote era a principal divindade daquele povo. Para os gregos o seu nome era Afrodite, e para os egípcios era Ísis. Sobre a forma dos cultos, diz-se que os seus rituais eram múltiplos, passando por ofertas corporais de teor sexual, libações [beber por prazer; oferecer bebida à divindade], e também a adoração das suas imagens. O seu principal culto ocorria na primavera e era marcado de grandes celebrações à fertilidade e à sexualidade. O sexualismo e o erotismo ligados ao seu ritual faziam de Astarote uma deusa muito adorada entre os povos, exatamente pelo seu teor.

Portanto, não é difícil conjecturar de onde veio esse demônio que atormentava e fazia essa garota sofrer: daquela espiritualidade perversa e demoníaca. A mãe, por sua vez, estava arrependida de seu passado e clamava pela misericórdia de Jesus sobre a vida dela e de sua filha. Sua fé foi marcada pelo pelo arrependimento.

“Fé que não produz arrependimento não pode ser chamado de fé.”

 

2º Fator – CONTEÚDO

“Uma mulher cananeia, natural dali, veio a ele, gritando: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito.” (v.22)

Outra qualidade da fé é o seu conteúdo. Fé não é um salto no escuro, não é pensamento positivo, não é confissão positiva, não é fé na fé. A fé de qualidade tem Jesus Cristo como seu conteúdo, o Cristo revelado na Bíblia.

Quanto conteúdo nessa pequena declaração de fé da mulher cananeia! Ela tinha ouvido de terceiros sobre Jesus, sobre seus ensinamentos, sobre seus milagres, sobre suas atitudes. Alguns acreditavam que ele era o Messias prometido de Israel, outros o tinham como o próprio filho do diabo.

Essa mulher creu nele com toda a fé do seu coração. Ela o recebeu como o Messias anunciado pelos profetas, o “Filho de Davi”, o seu “Senhor” pessoal. A fé de qualidade tem conteúdo bíblico, respalda-se nas promessas reveladas na Bíblia e tem o Senhor Jesus como o centro.

 

3º Fator – PERSEVERANÇA

“Mas Jesus não lhe respondeu palavra. Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós. Ele respondeu: Eu fui enviado apenas às ovelhas perdidas de Israel.” (v.23,24)

A pessoa que cultiva uma fé bíblica jamais dará as costas para Deus, mesmo que homens se levantem em seu caminho, mesmo que Deus pareça agir sem compaixão.

A fé de qualidade nos faz seguir com esperança e amor. Quem desiste, poderá estar dando indícios de que não tem fé de qualidade. A fé de qualidade persevera.

“Fé de qualidade não desiste de Deus!”

 

4º Fator – HUMILDADE

“A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: Senhor, ajuda-me! Ele respondeu: Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos. Disse ela, porém: Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos.” (v.25-27)

Homens e mulheres de fé sabem que são indignos da graça de Deus; reconhecem que não são merecedores. Quer conhecer um homem ou uma mulher de Deus? Comece pelo quesito humildade. Fé de qualidade produz humildade.

Poderíamos fazer menção de vários homens e mulheres da Bíblia cuja fé de qualidade se revelava através da sua humildade. Eles não chegavam diante de Jesus de nariz em pé, orgulhosos e prepotentes, mas com um coração humilde reconhecendo sua natureza pecaminosa.

“Fé de qualidade se revela na humildade.”

5º Fator – TRANSFORMAÇÃO

“Jesus respondeu: Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja. E naquele mesmo instante a sua filha foi curada.” (v.28)

Essa mulher teve sua fé amadurecida e a sua filha foi curada. Quem cultiva uma fé de qualidade se vê amadurecer mais a cada dia e também tem o prazer de ver as pessoas à sua volta sendo transformadas. Pessoas de fé buscam a Deus por si mesmas e também pelas outras pessoas. Fé de qualidade está sempre acompanhada de transformação. Uma fé que não produz transformação pode ser qualquer coisa, menos fé.

Olhe para você e pergunte: o que foi transformado na minha vida a partir da fé que professo? Se nada mudou é porque sua fé ainda precisa amadurecer ou talvez sua fé esteja depositada em alguém ou alguma coisa que não seja Jesus Cristo.

“Fé de qualidade produz transformação, tanto em nós quanto naqueles que amamos.”

Conclusão:

Hoje, Deus nos chama a fazer uma reflexão séria sobre a nossa fé: será que a nossa fé é uma fé de qualidade? O escritor da carta aos Hebreus faz uma dura exortação aos crentes de todos os tempos: sem fé é impossível agradar a Deus! Lembre-se que uma fé de qualidade…

 

FAÇA AGORA UM CURSO A DISTÂNCIA NA ÁREA TEOLOGIA.

Acesso a um ambiente on line de aprendizagem.
Aulas com vídeos e apostilas.
Após o curso você recebe um certificado.

Mais informações acesse: http://setebras.com/cursos-a-distancia.html

FAÇA SUA MATRICULA AGORA:


 

Anúncios

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s