Estudo para encontro de homens, mulheres e jovens. Tema: Alcançando o Alvo.

ALCANÇANDO NOSSO ALVO

 “Olhando firmemente para o autor e consumador da fé, Jesus, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e assentou-se à destra do trono de Deus.” (Hb 12.1).

ERRANDO O ALVO
Deus fez o homem com um propósito definido. Deus queria ter uma família com filhos semelhantes ao seu filho Jesus (Ef 2.19; 3.15). Ele criou o ser humano à sua imagem e semelhança (Gn 1.27). Adão era puro, inocente, perfeito e capaz de governar sobre a terra e sobre todas as obras criadas (Gn 1.28).
Para cumprir o seu propósito, Deus deu ao homem a capacidade de escolher servi-lo ou não. A árvore do conhecimento do bem e do mal no meio do jardim foi o teste de escolha para o ser humano: a vida e a morte estavam no poder da escolha (Gn 2.17). E o primeiro homem errou o alvo: escolheu pecar e desobedecer a Deus… (Gn 3.1-10).

ACERTANDO O ALVO
Para salvar a humanidade da condenação eterna, Deus enviou o seu filho amado ao mundo para morrer em nosso lugar, levando a nossa culpa (Rm 5.6-10). E, após a sua ressurreição, o Senhor Jesus nos enviou o seu Espírito Santo para nos capacitar e ensinar a acertar o alvo: a sermos santos (Jo 16.7-13).
Jesus passou em todos os testes aqui na Terra, e foi aprovado, aleluia! (Mt 4.1-11.) E, agora, por meio do Espírito Santo, nós também podemos acertar o alvo a nós proposto. No contexto do Novo Testamento, veremos que a nova vida em Cristo nos conduz a buscar comunhão com Deus e com os irmãos, a nos fortalecer no estudo da Palavra, a anunciar as boas-novas aos outros e a prestar serviços mutuamente.

COMUNHÃO
A Igreja é comparada a um “corpo vivo”, com suas células, seus tecidos, órgãos e sistemas que são unidos e interdependentes (Ef 4.3-16). Nós precisamos todos uns dos outros (1Co 12.14-27). Devemos estar ligados uns aos outros. Paulo nos diz que nenhum membro é mais importante que o outro, nem tem menos valor porque não aparece tanto no corpo. É por meio da comunhão, do convívio alegre, dos nossos relacionamentos saudáveis com nossos irmãos que alcançamos nosso alvo.
A comunhão é movida pelo amor (Rm 12.9-21). E o amor é derramado em nossos corações pelo Espírito Santo. O amor se manifesta no interesse mútuo, no bem-estar entre os membros da célula e da igreja do Senhor. O amor traz segurança, traz purificação por meio da disciplina e da exortação. Quando um membro erra ou está se desviando do caminho certo, ele é exortado a retornar ao rumo de sua rota – isto é prova de amor… Amar é não deixar o irmão “bater a cabeça” e se machucar, é avisá-lo dos perigos e ajudá-lo a se erguer quando cair (Mt 18.15-35). Em comunhão perfeita é que nós viveremos eternamente na glória, e, enquanto estivermos aqui, devemos ter como alvo a comunhão doce e sincera, em amor e compreensão com nossos irmãos em Cristo.

ESTUDO DA PALAVRA E ENSINO
O estudo da Palavra deve ser constante e tão habitual como a alimentação física diária. Precisamos do “Pão da Vida” todos os dias (Jo 6.48-58). Ter um momento a sós com Deus, fazer um programa de leitura da Bíblia toda, memorizar versículos e meditar no que as Escrituras nos ensinam. Isso é nosso dever e também um alvo a ser alcançado diariamente (Dt 6.4-9). Precisamos saber responder aos que perguntam pela razão da nossa fé (1Pe 3.15). Precisamos examinar as Escrituras e retirar seus tesouros preciosos para o nosso dia-a-dia.
Tanto na Igreja como no lar precisamos entronizar ao Senhor e ouvir sua voz por meio de sua Palavra. A Palavra é “lâmpada para os nossos pés” (Sl 119.105); é espelho que nos revela como realmente somos (Tg 1.23-24); é “água que nos limpa” (Jo 15.3); é o “martelo que esmiúça a penha” (Jr 23.29); é a “semente viva” que germina nos corações humanos trazendo paz, graça e salvação (Mc 4.1-14). Um pregador avivalista do passado escreveu essas palavras numa Bíblia: “Ou esse livro te afasta do pecado ou o pecado te afasta desse livro”.

EVANGELISMO E MULTIPLICAÇÃO
Não podemos dizer que temos a vida de Deus em nós sem nos importarmos com o próximo. Não podemos encontrar a Água Viva e deixarmos as pessoas morrendo de sede ao nosso redor. Por isso, o crente verdadeiro é aquele que divide a sua fé. Ele prega a Palavra, como diz Paulo, “a tempo e fora de tempo” (2Tm 4.2).
Cada dia que passa é único, e as oportunidades que ele nos oferece não podem ser perdidas. Tenha sempre folhetos evangelísticos consigo. Ore pelas pessoas com as quais você convive diariamente: seus vizinhos, amigos e colegas da escola, da faculdade, do trabalho, seus parentes e os desconhecidos que o abordam no dia-a-dia. Fale de Cristo. Fale do amor de Deus e da vida eterna.

SERVIÇO MÚTUO
O Senhor nos recomenda ao serviço mútuo. A Bíblia está repleta de orientações ao relacionamento em humildade e serviço. Jesus disse que “o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos” (Mt 20.28; Mc 10.45).
Medite no propósito de Deus para nós. Deixe Deus sondar o seu coração e proponha-se a cumprir, na força do Espírito Santo, a vontade do Pai.

IGREJA BETEL BRASILEIRO GEISEL

RUA PROFESSORA NOÊMIA RIBEIRO, 312

BAIRRO – ERNESTO GEISEL – JOÃO PESSOA

SITE: http://betelgeisel.hospedanet.info/

 

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s