Sermão: As sete leis espirituais para a vida do Cristão

Palavra ministrada na Santa Ceia da Igreja Betel Brasileiro Geisel.

As sete leis espirituais

para a vida do Cristão

Dt 32:46 disse-lhes: Aplicai o coração a todas as palavras que, hoje, testifico entre vós, para que ordeneis a vossos filhos que cuidem de cumprir todas as palavras desta lei.

Sl 1:2 Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.

Jr 31:33 Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o SENHOR: Na mente, lhes imprimirei as minhas leis, também no coração lhas inscreverei; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.

Introdução:

Assim como existem leis na natureza, ou na sociedade em que vivemos, há também leis espirituais que governam o mundo espiritual. As leis espirituais existem para que nós sejamos bem sucedidos em tudo que fizermos.

Jesus também deixou algumas leis espirituais para reger nossas vidas. São decretos Divinos que determinam que tudo o que você faz tem uma consequência espiritual.

Quero convidar você nesta ocasião, para exarminarmos algumas das leis ensinadas por Jesus no evangelho de Lucas.

1ª Lei- JULGAMENTO: Lucas 6.37   “Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados”

A primeira Lei Espiritual deixada por Jesus é sobre os julgamentos. Jesus sabia que muitas pessoas julgavam os outros pensando que são justas para isso. Mas ninguém é justo o suficiente para julgar a não ser Deus, “como está escrito: Não há justo, nem um sequer(Romanos 3.10).

Por isso Jesus determinou que toda pessoa que julgar também será julgado. Se você julgou alguém, peça perdão a Deus que tira de sobre você a sentença de ser julgado. Mas se você está sendo julgado, saiba que Deus julgará quem te condenou.

A Lei Espiritual do Julgamento defende quem está sendo julgado injustamente!

2ª Lei- DOAÇÃO: Lucas 6.38 “dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão, porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”

A segunda Lei Espiritual deixada por Jesus é sobre a doação. Muitas pessoas sempre perguntam: “o que eu vou ganhar com isso, caso eu faça um determinado favor? Muitos demonstram que fazem tudo por interesse. Jesus ensinou a doar, a servir, sem querer nada em troca, mas sabendo que Deus é quem nos recompensará.

A Lei Espiritual da Doação afirma que quem serve, ou quem se doa também receberá: boa medida: abundância; recalcada: quando aperta para caber mais; sacudida: quando sacode para caber mais; transbordante: quando sobra para doar.

Muitos recebem tanto de Deus e fazem pouco por Deus. Muitos pedem com facilidade, mas servem com dificuldade.

Deus quer nos dar abundantemente de suas bênçãos, mas estejamos prontos para ouvir a voz de Deus e servi-lo.

3ª Lei- FRUTOS: Lucas 6.43 “Não há árvore boa que dê mau fruto; nem tampouco árvore má que dê bom fruto. Porquanto cada árvore é conhecida pelo seu próprio fruto. Porque não se colhem figos de espinheiros, nem dos abrolhos se vindimam uvas”

A terceira Lei Espiritual deixada por Jesus é sobre os frutos.

O exemplo dado pelo Mestre é muito claro: Não há como uma boa árvore produzir mau fruto e nem como uma árvore má produzir bom fruto. Isto é uma consequência espiritual que nunca falha. Quem planta coisa ruim com certeza vai colher o seu mal.

Se você plantou algo que não é bom, peça a Deus perdão que Ele pode te livrar das consequências ou te dar forças para enfrenta-la. Mas plante o bem sempre que puder porque você vai colher. Se alguém estiver plantando mal para você, saiba que ela mesma colherá o que semeou.

Gl 6:7 nos faz lembrar: “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará”.

A Lei Espiritual dos Frutos declara que tudo que você plantar também colherá!

4ª Lei- ORAÇÃO: Lucas 11.10 “Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e a quem bate, abrir-se-lhe-á”

A quarta Lei Espiritual deixada por Jesus é sobre a Oração.

Para Deus só há um resultado para quem ora: a resposta. Contudo esta resposta nem sempre é o que queremos ou no momento que desejamos. Mas uma coisa é certa, Deus responde a oração dos seus servos.

 Deus pode responder à oração:

  • Dando SIM: ordenando a bênção sobre quem pediu;

  • Dando um NÃO: porque sabe o que é melhor para nós;

  • Ou determinando a ESPERA: para nos preparar um pouco mais para receber.

Enquanto oramos somos preparados para receber o milagre que acontece na hora em que cremos verdadeiramente.

A Lei Espiritual da Oração afirma que toda oração tem uma resposta!

5ª Lei- HUMILHAÇÃO: Lucas 14.11 “Pois todo o que se exalta será humilhado; e o que se humilha será exaltado”

A quinta Lei Espiritual deixada por Jesus é sobre a Humilhação.

Jesus sabia como é triste ser humilhado. Ele mesmo sofreu a pior humilhação de carregar a cruz. Mas suportou isso tudo porque sabia que teria uma consequência espiritual em sua ressurreição e glorificação.

Tome cuidado de nunca se exaltar porque se fizer isso será humilhado.

Peça perdão se você se exaltou, humilhando-se diante de quem for preciso, principalmente de Deus. Mas se você estiver sendo humilhado por alguém, saiba que Deus te exaltará.

Precisamos pedir perdão a quem humilhamos e perdoar a quem nos humilhou.

A Lei Espiritual da Humilhação decreta que quem é humilhado pelo homem será exaltado por Deus!

6ª Lei- RADICALIDADE: Lucas 16.13 “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas”

A sexta Lei Espiritual deixada por Jesus é sobre servir a Deus radicalmente.

Deus é radical. Não existe meio termo, ou é tudo, ou é nada. Ou é quente ou é frio “porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca (Apocalipse 3.16). Se você estiver servindo a Deus ‘mais ou menos’, tome uma postura diante do Senhor, porque você pode estar engando a si mesmo. Saia de cima do muro.

Quando Jesus se entregou por nós não fez isso parcialmente. Ele se entregou totalmente até ao ponto de morrer. Por isso devemos “amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força (Deuteronômio 6.5). Deus não quer apenas uma parte de sua vida e sim você inteiramente.

A Lei Espiritual da Radicalidade ensina que devemos servir totalmente a Deus!

7ª Lei- PALAVRAS: Lucas 17.6 “Respondeu-lhes o Senhor: Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Arranca-te e transplanta-te no mar; e ela vos obedecerá”

A sétima Lei Espiritual deixada por Jesus declara que nossas palavras podem ser uma fonte de benção ou maldição.

Jesus condicionou a realização de muitos milagres às nossas palavras. Ensinou que “tudo o que ligardes na terra terá sido ligado nos céus, e tudo o que desligardes na terra terá sido desligado nos céu”(Mateus 18.18). É preciso falar aquilo que cremos “porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação” (Romanos 10.10). Quando falamos o que acreditamos alcançamos legalidade espiritual “porque a boca fala do que está cheio o coração (Mateus 12.34).

Como servos de Deus, temos autoridade espiritual. Devemos exercer este poder para declarar palavras de bênção. Muitas pessoas estão sofrendo porque declararam o mal sobre suas vidas. O inimigo se alegra quando vê um crente falando besteira porque nós temos uma autoridade que ele não tem. Com isso ele ganha oportunidade para agir com respaldo da própria pessoa.

A Lei Espiritual das Palavras afirma que tudo que falamos exerce poder sobre nossas vidas!

CONCLUSÃO:

Estamos no tempo da graça e sempre teremos a oportunidade de alcançar perdão “porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte (Romanos 8.2).

Mesmo assim Jesus deixou bem claro que nossos atos trazem consequências espirituais.

As 7 Leis Espirituais ensinadas por Jesus são:

  • quem julgar será julgado;

  • quem doa receberá abundantemente;

  • conforme se planta serão os frutos;

  • quem ora recebe resposta;

  • os humilhados serão exaltados;

  • não há como servir a dois senhores;

  • as palavras têm poder.

Deus é “o Senhor das recompensas’. Deus tem uma recompensa para cada um dos seus servos. Se estiver sendo injustiçado o Senhor das recompensas te defenderá!

Que Deus abençoe sua vida.

Para Mais informações sobre nossos cursos e bibliotecas digitais acesse nosso site: http://setebras.com/

Nosso whatsap para contato e informações é: (083) 98780-9208

Anúncios

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s