Estudo para encontro de homens, mulheres e jovens. Tema: Deus que transformar sonhos em realidade

Deus que transformar sonhos em realidade

1 Reis 3.5

INTRODUÇÃO

Todo mundo deve possuir sonhos. Somente animais, plantas e os mortos não sonham. De modo geral, a palavra sonho pode ter vários significados, em primeiro lugar o sonho “é uma sucessão de imagens, pensamentos ou emoções, geralmente confusos ou ilógicos, que ocorrem durante o sono” (Dicionário Sacconi). Em outros casos, o sonho pode ser um bolo fofo recheado, alguma coisa encantadora etc. Na maioria das vezes um sonho é sempre algum desejo ou objetivo que aspiramos alcançar. Deus sabe que temos sonhos, e, às vezes, Ele mesmo planta alguns em nossos corações e à semelhança de Salomão, Deus pode e quer realizar sonhos legítimos.

PROPOSIÇÃO: Sonhar é humano, mas ter os sonhos realizados é obra de Deus.

I- QUE TIPO DE SONHO TEMOS CONSERVADO EM NOSSOS CORAÇÕES?

Quando iniciamos novas etapas na vida, geralmente somos alimentados por sonhos, desejos, metas ou objetivos que buscamos cumprir. Esses sonhos funcionam como “combustível” para tocarmos a vida adiante. Porém, existem sonhos ou desejos negativos, utópicos, destruidores, carnais que se alcançados se tomam pesadelos. Por exemplo, uma jovem que sonha em deixar a casa dos pais, vai se deparar com a dura realidade das contas no final do mês.

Exemplo de bons sonhos: Abraão desejava ter um filho com Sara, e Deus tomou isso realidade, apesar de sua velhice. Ana desejava muito dar filhos para seu marido Elcana, mas era estéril, porém Deus transformou esse legítimo desejo em realidade dando-lhe Samuel. Calebe, amigo de Josué, sonhava com a Terra Prometida, e Deus lhe fez isso no tempo certo (Js 14.7).

Sonhar em ter uma casa própria, um curso superior, um bom automóvel, publicar um livro ou lançar um CD, a cura de uma enfermidade (como Bartimeu; veja Marcos 10.51) e coisas semelhantes é saudável. E mim quando não temos sonhos! Sonhar nos dá motivação, sobretudo quando expomos esses sonhos para Deus em oração, exatamente como fez Jabez, veja: “Oh! Tomara que me abençoes e me alargues as fronteiras…” (lCr 4.10).

II- DEUS REALIZA SONHOS LEGÍTIMOS.

Os sonhos legítimos pertencem a duas classes principais: na primeira estão aqueles sonhos que o próprio Deus plantou em nossos corações (veja Filipenses 2.13) e na segunda classe estão os nossos sonhos pessoais, como o de casar, montar o próprio negócio, aposentar etc., mas que não entram em choque com a Palavra (1 João 5.14). Deus pode tomar reais os sonhos que combinam com a Sua vontade revelada, mas jamais satisfará sonhos caprichosos ou egoístas.

Salomão tinha sonhos interessantes, pois está escrito que ele queria: “…coração compreensivo para julgar a teu povo” e “prudentemente discirna entre o bem e o mal” (v. 9). Em outras palavras, ele queria sabedoria, inteligência para reinar sobre Israel. Deus lhe deu tudo isso e muito mais: “…riquezas… glórias” (v. 13). Deus se alegra quando vê em nós aspirações superiores, dignas.

A palavra utopia também está relacionada com sonhos, mas somente com aqueles que fogem à realidade. Essa palavra significa: “Qualquer aspiração, idéia ou projeto fantástico e impossível de realizar” (Dicionário Sacconi). Esse tipo de sonho está ligado a desejos sem fundamento, que não glorificam a Deus, que não levam a lugar algum (veja Eclesiastes 5.3,7; Efésios 2.3).

III- A BÍBLIA CITA ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEUS REALIZAR NOSSOS SONHOS.

O primeiro critério está contido no Salmo 37.4, veja: “Deleite-se no Senhor; e ele atenderá aos desejos do seu coração” (NVI); “Faça do Senhor a sua grande alegria e Ele dará a você os desejos do seu coração” (B V). Portanto, ter prazer ou sentir-se bem em fazer do Senhor a sua companhia diária é a garantia de sonhos realizados. Quando nos deleitamos em “andar com Deus”, como fazia Noé, Ele também tem prazer em compartilhar Seus planos conosco (veja Gênesis 6.9,13).

Deus cumpre os sonhos que estão baseados em alguma promessa que Ele nos fez. No exílio, Israel sonhava em voltar para sua terra e esse sonho se tomou realidade porque estava fundamentado em uma solene promessa divina (veja Jeremias 29.14). Sobre isso o salmista declarou: “Quando o Senhor restaurou a sorte de Sião, ficamos como quem sonha” (SI 126.1). Deus tem planos, sonhos para nossa vida, estamos abertos a eles?

Por último, a Bíblia nos revela que precisamos confiar em Deus (veja Hebreus 11.6) e perseverar em cumprir a Sua Palavra (Salmo 40.8), pois foi dessa forma que o general sírio Naamã conseguiu realizar o maior sonho de sua vida, a cura de sua lepra (2Reis 5.10,14). As vezes, falta pouco para que o Senhor realize algo grandioso em nossa vida, só precisamos perseverar um pouco mais! A Bíblia afirma que Deus atende aos desejos dos humildes (Salmo 10.17).

CONCLUSÃO

Quando nossos sonhos são submetidos aos cuidados de Deus, eles podem ou não ser realizados. Se, de outro lado, tentarmos realizar esses desejos por conta própria, eles podem se tomar um pesadelo. A psicologia de Viktor E. Frankl conhecida por logoterapia, propõe ao paciente desmotivado (sem sonhos) a identificação de desejos mais profundos e ao estabelecimento de objetivos para a sua vida. Em outras palavras, segundo essa especialidade da ciência psicológica, o homem pode ter uma vida bem melhor se conseguir dar um sentido para sua vida. Sem Deus, a vida perde o sentido e a razão de ser, e Cristo deseja estabelecer o sentido (agradar a Deus), as metas e os sonhos para nós cumprirmos; estamos abertos para Ele?

One thought on “Estudo para encontro de homens, mulheres e jovens. Tema: Deus que transformar sonhos em realidade

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s