Estudo para encontro de Homes, mulheres e jovens. Tema: Como se aproximar de Deus?

Como se aproximar de Deus?

Tiago 4.8

INTRODUÇÃO

O homem foi criado para relacionar-se com Deus, para ter uma vida em comum com Ele (veja Gênesis 1.27; 3.8,9), mas o pecado prejudicou seriamente essa relação, a tal ponto que o profeta Isaías declarou o seguinte: “O problema são os seus pecados; por causa deles, vocês estão separados de Deus. Por causa dos seus pecados, Deus virou o seu rosto de vocês, e não ouve mais o que vocês pedem” (59.2; BV). Em decorrência deste fato, o próprio Deus preparou um plano para reaproximar o homem Dele novamente. A Bíblia diz que: “Quando alguém se faz cristão, toma-se uma pessoa totalmente nova por dentro. Já não é mais a mesma. Teve início uma nova vida. Todas essas coisas novas vêm de Deus, que nos trouxe de volta a Si mesmo por meio daquilo que Cristo Jesus fez” (2Co 5.17,18; BV). De modo geral, a Bíblia parece sugerir três formas básicas do homem se aproximar de Deus.

PROPOSIÇÃO: Deus está de braços abertos para receber quem realmente o procurar.

I- APROXIME-SE DE DEUS COM SINCERIDADE.

Deus é onisciente, tem absoluto conhecimento de todas as coisas, inclusive o salmista declarou de forma poética o seguinte: “Senhor, tu me sondas e me conheces. Para onde poderia eu escapar do teu Espírito? Para onde poderia fugir da tua presença?” (SI 139.1,7; NVI). Em face dessa verdade, toda pessoa que deseja se aproximar de Deus deve saber que não é possível esconder nada Dele.

A palavra sinceridade também significa: franqueza, lealdade, lhaneza, lisura e boa-fé; e o indivíduo sincero é aquele que se aproxima de Deus – em oração – com respeito, com intenção pura ou sem o desejo de enganá-lo como acontecia com os fariseus do tempo de Cristo (veja Mateus 22.18). Em outras palavras, quem se dirige a Deus com desejo de receber algo Dele está disposto a abrir o coração e “jogar limpo”.

Jesus Cristo conhecia a intenção ou o grau de sinceridade que havia em algumas pessoas que O seguiam (veja Mateus 9.4), além disso, Ele condenava veementemente a hipocrisia ou o fingimento dos religiosos de sua época (Mateus 23). Tiago afirma que quem quer achegar-se a Deus não pode ter “duplo ânimo”, isto é, quem não hesita em dividir a sua lealdade com Deus e com o mundo ou o pecado jamais receberá algo Dele (Tiago 4.8).

Deus está mais interessado no motivo do que na quantia de nossas ofertas, por isso Davi declarou uma grande verdade a respeito da forma como devemos ofertar para a obra de Deus, veja: “Bem sei, meu Deus, que tu provas os corações e que da sinceridade te agradas; eu também, na sinceridade de meu coração, dei voluntariamente todas estas cousas…” (1 Cr 29.17; grifos do autor). Deus tem prazer quando nos aproximamos Dele – em nossa prática de fé – imbuídos de sinceridade.

II- APROXIME-SE DE DEUS COM HUMILDADE.

A presunção (soberba) impede de reconhecermos nossa real situação diante de Deus. Segundo a Bíblia, não há um justo sequer e todos pecaram, em razão disso, o mundo inteiro está destituído da glória de Deus (veja Romanos 3.23). O orgulho obstinado é na verdade uma barreira que impede o homem de achegar-se a Deus, mas esse estado deixa a nossa vida no exato momento em que admitimos nossa desgraça espiritual (Romanos 6.23) e clamamos pelo socorro e perdão de Deus.

A humildade deve fazer parte obrigatória em nosso relacionamento com outras pessoas e. sobretudo com Deus. Jesus Cristo destacou na primeira bem-aventurança do Sermão do Monte que o céu é dos humildes (veja Mateus 5.2). Do mesmo modo que ninguém suporta por muito tempo uma pessoa altiva, arrogante e prepotente, assim ocorre com Deus, pois está escrito que Ele “…resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a sua graça” (lPe 5.5).

Ser humilde quando buscar a Deus é o mesmo que se colocar diante Dele totalmente desarmado, reconhecendo nossa pecaminosidade e ausência total de direitos. Em outras palavras, precisamos entender que somos pecadores miseráveis, e que os nossos pecados nos separam de Deus (veja Isaías 59.2). Somente por Sua graça (presente imerecido) nós somos atendidos, salvos e abençoados (Efésios 2.8).

III- APROXIME-SE DE DEUS COM FÉ.

O escritor do livro de Hebreus afirmou em sua carta: “Sem fé é impossível agradar a Deus. pois quem Dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam” (11.6; NVI). Duas coisas importantes são destacadas aqui: 1) E preciso crer na existência de Deus. 2) Se o buscarmos de coração seremos atendidos.

Jesus Cristo foi procurado por um homem desesperado, que tinha um filho horrivelmente perturbado por demônios, e na ocasião o homem perguntou ao Mestre: “…se tu podes alguma cousa, tem compaixão de nós e ajuda-nos”. Mas a resposta de Jesus foi incisiva: “Se podes! Tudo é possível ao crê”. Quando o homem percebeu que o milagre dependia mais dele (crendo) do que de Jesus (que pode e sempre quer), ele pediu: “Ajuda-me na minha falta de fé” (Mc 9.22-24).

Nesse ponto, devemos entender que o ato de nos abençoar não depende somente de Deus. pois o Seu coração amoroso está sempre disposto a isto e também a nos socorrer e amar (por exemplo: Deuteronômio 11.26-28; 14.28,29). Dessa forma, quando nos dirigimos a Deus em nossas orações, precisamos crer que Ele nos ouve e pode nos atender. A fé vem de Deus (Efésios 2.8,9), e ela cresce à medida que nos entregamos confiantemente a Ele (Hebreus 12.2).

CONCLUSÃO

Os Dez Mandamentos que Deus entregou a Moisés são, na verdade, um manual de relacionamento. Os quatro primeiros mandamentos determinavam as regras de convivência do homem em relação a Deus, e os seis mandamentos restantes, do homem em relação ao seu próximo. Seguindo essas regras, todo israelita estava dentro da bênção, hoje as regras mudaram e o homem se aproxima de Deus por meio de Jesus Cristo, mas deve fazer isso de maneira sincera, humilde e com absoluta confiança.

Fonte: https://pastorjosiasmoura.com/

 

Para Mais informações acesse: http://setebras.hospedanet.org/

2 thoughts on “Estudo para encontro de Homes, mulheres e jovens. Tema: Como se aproximar de Deus?

  1. a apaz do senhor pr josias è possivel me encaminhar um estudo biblico referente ao livro evangelio segundo escreveu saO JOAO CAPITULO 8 VERCICULO 32OBRIGADO A PAZ DO SERNHOR

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s