ESTUDO PARA ENCONTRO DE HOMENS, MULHERES E JOVENS. Tema: Como Vencer a Solidão

Como vencer a solidão

Gênesis 2.18; Salmo 68.6; João 16.32

 

INTRODUÇÃO

Estima-se que na grande São Paulo existam atualmente (2003) cerca de quatro milhões de casas e apartamentos com somente uma pessoa residindo neles. A solidão é um mal social, principalmente nas megalópoles. Uma pesquisa veiculada nos meios de comunicação no final do ano de 2002 revelou que há quase 800 mil mulheres a mais do que homens no Estado de São Paulo. Diante dessa desigualdade numérica, o que fazer para se evitar o “solteirismo involuntário?”. Será que realmente há uma “tampa para cada panela?”. Em ICoríntios, o apóstolo Paulo declarou: “E aos solteiros e viúvos (…). Caso, porém, não se dominem, que se casem; porque é melhor casar do que viver abrasado” (7.8,9); mas e quando a decisão de casar não é suficiente? É possível vencer a solidão sem se casar?

PROPOSIÇÃO: Com Cristo podemos estar solitários, mas nunca estaremos sozinhos!

 

I    – “DISSE MAIS O SENHOR DEUS: NÃO É BOM QUE O HOMEM ESTEJA

SÓ”.

       O próprio Criador reconheceu o terrível mal que é a solidão. Talvez o semblante melancólico de Adão denunciou sua nítida infelicidade! O fato de não existir um par que estivesse diante dele, que lhe correspondesse, ou com quem ele pudesse dividir suas conquistas ou alegrias, contribuiu decisivamente para que o Senhor criasse o casamento (veja Gênesis 2.22).

       O Talmude afirma que: “Quem não tem esposa, vive sem alegria e sem bênção”; e “O solteiro é considerado meio corpo” (Torá; Editora Sêfer; 2001, p. 6). De fato, Deus criou o casamento para a completa felicidade do homem, entretanto, existe o problema da solidão involuntária, sem controle, imposta pelo tempo e pelas circunstâncias…

       É bem verdade que o solteiro adulto tem mais liberdade que o casado, e pode fazer muitas coisas segundo bem lhe parecer, sem, contudo precisar dar satisfação a alguém. Algumas dessas atividades seriam: viajar, envolver-se em projetos missionários ou humanitários de difícil acesso etc. Apesar de todas as vantagens da vida de solteiro, viver sozinho e feliz é privilégio de poucos (veja ICoríntios 7.7), e muitos acreditam que as bênçãos do companheirismo – propiciado pelo casamento – são capazes de suplantar qualquer vantagem que a vida de solteiro apresente (Eclesiastes 4.9-12).

-A palavra significa: “desacompanhado, solitário, afastado da convivência, desajudado, aquele que vive sem companhia”; já o termo solidão é: “Estado do que se encontra ou vive só; Situação ou sensação de quem vive isolado numa comunidade” (Dicionário Aurélio). A palavra hebraica bad sozinho, ou bãdãd solitário, desolado, dentro do contexto de Gênesis 2.18 revela os grandes males do isolamento.

-A solidão existencial é capaz de produzir sentimentos e atitudes extremante negativas, entre elas: baixa auto-estima, complexos, ansiedade, obesidade, ou o contrário, tristeza, desejo de morrer e até o suicídio etc. Como crente regenerados, devemos “curtir” nossa solidão, ou nos encher do Espírito Santo, nosso companheiro fiel!


II     – “DEUS FAZ QUE O SOLITÁRIO MORE EM FAMÍLIA”.

        Comparando versões em português: “Deus dá um lar aos solitários” (NVI); “Deus dá uma grande família às pessoas solitárias” (BV); “Deus dá uma casa aos solitários” (BJ). Em todos os casos, permanece a idéia de que Deus há de providenciar um “lar” para todo aquele que o buscar sinceramente.

        No salmo 68.5, está escrito que Deus é o pai “…dos órfãos e juiz das viúvas”, ou seja, Ele é a companhia, o amparo, o verdadeiro amigo dos que vivem sozinho.

        O salmo em foco insere uma linda promessa de que o Deus eterno há de interferir no curso da nossa vida para fazer cumprir o Seu maravilhoso propósito, seja para nos permitir casar seja para nos envolver em atividades inovadoras e produtivas em sua obra. Um belo exemplo disso é o de Dorcas, que provavelmente era viúva e, a seu respeito está escrito que “era ela notável pelas boas obras e esmolas que fazia” (At 9.36).

-A Igreja é uma grande família, nela as viúvas e os órfãos são amados e amparados (veja Tiago 1.27). Ao que tudo indica, Timóteo era um missionário solteirão (com cerca de 35 anos na época de sua ordenação – veja 1 Timóteo 4.12; 5.2; 2Timóteo 2.22), no entanto desenvolvia um bom trabalho junto às igrejas por ele pastoreadas. A Bíblia nos apresenta um número enorme de ilustres servos de Deus que o serviram como solteiros: Elias, Eliseu, Jeremias, Daniel e seus três amigos eram eunucos, João, Paulo (viúvo) etc.

 

III     – “…ME DEIXAREIS SÓ; CONTUDO, NÃO ESTOU SÓ, PORQUE O PAI ESTÁ COMIGO”.

        Houve um momento no ministério de Cristo em que Ele foi abandonado por todos, veja: “Ainda esta noite todos vocês me abandonarão. Pois está escrito: ‘Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho serão dispersas’” (Mt 26.31; NVI). Jesus sabia que quando a perseguição contra Ele se intensificasse, os seus discípulos iriam deixá-lo, mas, o Pai permanecería com Ele.

        O Calvário foi o ponto alto da solidão de Jesus, pois antes de Ele morrer, exclamou: “(…) Meu Deus! Meu Deus! Por que me abandonaste?” (Mt 27.45; NVI). Deus o deixou apenas nesse momento, pois Ele recebia sobre si os nossos pecados. Essa absoluta solidão de Cristo foi parte do pesado preço que Ele pagou para nos redimir e salvar.

        Como vimos, Jesus Cristo se identificou plenamente com o homem, sentiu dor, tristeza, fome, desprezo e também solidão. Sua obra salvadora lhe deu a condição para entender os sofrimentos humanos, além disso, Ele manifesta sua compaixão pelos que sofrem por meio de atos concretos de providência e socorro. Jesus é o bom pastor que auxilia a ovelha solitária e desgarrada do rebanho.

 

CONCLUSÃO

Definitivamente, o homem é um ser social e foi criado para viver em sociedade. Todos nós precisamos de companhia, não necessariamente conjugal! Há pessoas casadas que se sentem sozinhas. Vendo por esse prisma, a solidão se toma um estado de espírito, um modo psicossocial errado de viver. Cristo conhece plenamente os males da solidão, e deseja tomar-se nossa companhia permanente!

 

Fonte: https://josiasmoura.wordpress.com/

 

 

One thought on “ESTUDO PARA ENCONTRO DE HOMENS, MULHERES E JOVENS. Tema: Como Vencer a Solidão

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s