SERMÃO: O BOM SOLDADO DE CRISTO

O bom soldado de Cristo

2 tm. 2: 1 Portanto, você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus. 2 E as coisas que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar a outros.

 3 Suporte comigo os sofrimentos, como bom soldado de Cristo Jesus. 4 Nenhum soldado se deixa envolver pelos negócios da vida civil, já que deseja agradar aquele que o alistou. 5 Semelhantemente, nenhum atleta é coroado como vencedor, se não competir de acordo com as regras. 6 O lavrador que trabalha arduamente deve ser o primeiro a participar dos frutos da colheita. 7 Reflita no que estou dizendo, pois o Senhor lhe dará entendimento em tudo.

Introdução

Paulo fazia uso de comparações para ensinar a Timóteo a ser bem sucedido na realização da obra que Deus havia confiado em suas mãos. E aqui no capitulo 2 ele compara a vida de um cristão a um soldado. Ao fazer isso, Paulo faz uso de ilustrações militares, o que não é algo tão surpreendente, já que ele vivia sob um governo militar e ele próprio estava na prisão.

Nesta ocasião procuraremos refletir sobre as características do bom soldado de Cristo.

Quais são as qualidades de um bom soldado de Cristo?

1. O bom soldado de cristo fundamenta-se na graça de Deus. (v.1 “…fortifica-te na graça que há em Cristo…”)

Paulo inicia este versículo se referindo a Timóteo como filho. De fato, Timóteo era fruto do ministério do apostolo, um filho na fé. Ao se referir assim a Timóteo, Paulo demonstra sua estima e consideração por ele. Paulo e Timóteo pertenciam a uma mesma família celestial.

Nesta ocasião, temos aqui pais e filhos espirituais, irmãs e irmãos em Cristo que fazem parte de uma mesma família, daqueles que foram lavados pelo sangue do cordeiro.

Todos desta família precisam compreender que nos alimentamos da graça de Deus. E esta graça que nos sustenta. Nossa força espiritual, nosso sustento, tudo que somos vem de Deus e sua graça dispensada em nosso favor.  Precisamos dessa força para avançar.

2. O bom soldado de Cristo enfrenta as dificuldades. (v.3 “….suporte comigo os sofrimentos….”)

Todo cristão tem suas lutas. Mas o que tenho aprendido é mais importante do que a situação que vivenciamos e a direção para qual nos movemos. Há pessoas que não avançam quando estão enfrentando problemas, e ao contrário, tornam-se vítimas das dificuldades, não crescendo ou aprendendo com elas.

Na vida cristã estamos em meio a uma batalha que exige de nós que tenhamos resistência espiritual. Peça a Deus está resistência. Além de necessitar de resistência em condições de provações, bom soldado de Cristo precisa ser movido pelo DESEJO DE SATISFAZER A VONTADE DE DEUS, que o chamou e convocou. Assim sendo, nós precisamos nos afastar de tudo aquilo que nos afasta do propósito de Deus.

3. O bom soldado Evita embaraços (v.4 “….Nenhum soldado em serviço se embaraça com negócios desta vida…”)

Os embaraços constituem-se como tudo que nos impede de avançar em nossa caminhada cristã.  A idéia deste versículo é destacar a necessidade de dedicação. Nossa atenção deve estar direcionada para as realidades espirituais que nos cercam e para o propósito maior de Deus para nós. Nossa devoção a Deus deve ser algo tido como prioridade.

Jesus nos recomenda: “buscai o reino de Deus em primeiro lugar e todas as demais coisas vos serão acrescentadas… “.

4. O bom soldado engrandece a Cristo ( v. 7, 8 e 9 “…Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo. Lembra-te de Jesus Cristo, ressurgido dentre os mortos, descendente de David, segundo o meu evangelho, pelo qual sofro…”)

Nunca devemos esquecer que Jesus é o autor de nossa salvação. É por Ele que estamos aqui, é por causa dele que este culto está acontecendo, que cantamos, que fazemos tudo. Nunca podemos perder isso de vista.

Jesus Cristo é o centro de nossa existência, a fonte de vida, e finalmente o juiz de quem depende o destino de todo o universo. Conhece-lo, servi-lo e honra-lo é o grande proposito da nossa existência.

5. O bom soldado de Cristo não pensa apenas em si mesmo, mas nos seus irmãos (v.10 “…..Por isso, tudo suporto por amor dos eleitos, para que também eles alcancem a salvação que há em Cristo Jesus com glória eterna. 11 Fiel é esta palavra: Se, pois, já morremos com ele, também com ele viveremos; 12 se perseveramos, com ele também reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará; 13 se somos infiéis, ele permanece fiel; porque não pode negar-se a si mesmo”.)

Paulo se preocupava com os demais seguidores de Cristo. Não vivia apenas para si.

Nossa sociedade é individualista e tem levado muitos a viverem apenas para si mesmos, e dessa forma, muitos passam a buscar apenas os seus interesses próprios. A mensagem da cruz nos lembra que temos uma família e viver nesta família implica em termos que fazer sacrifícios pelo bem estar dela.

Viver em comunhão com a família implica em termos que renunciar muitas vezes nossa opinião e vontade própria pelo bem maior da unidade. O que temos visto muito nos dias de hoje é que muito são “intocáveis”, no sentido que não toleram a menor diferença de opinião, e assim se tornam pessoas cheias de si, que não sabem ouvir, ou aceitar conselhos ou servir a seus irmãos.

Quando decidimos não vivermos mais apenas para nós mesmos, precisamos ter a consciência que nosso eu, deve morrer. Devemos proferir como Paulo: “Já não vivo eu, mas Cristo vive em mim”.

Que Deus nos ajude nesse propósito.

6. E por fim, o bom soldado confia no seu comandante (v.11-13 “….Fiel é esta palavra: Se, pois, já morremos com ele, também com ele viveremos; 12 se perseveramos, com ele também reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará; 13 se somos infiéis, ele permanece fiel; porque não pode negar-se a si mesmo”.)

Nossa confiança em Cristo é a garantia de nosso sucesso. Os Israelitas andavam em torno das muralhas de Jerico por sete vezes porque confiaram na palavra do Senhor. Naamã mergulhou sete vezes em um rio sujo, porque confiou na palavra do Senhor. Davi venceu Golias porque confiou na palavra do Senhor, Jesus foi obediente até a morte na cruz, porque confiou, e você e eu precisamos confiar se quisermos vencer.

O salmista no capitulo 20:7  declara: “Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus”.

Se confiarmos nele e perseverarmos, então com Ele reinaremos, Se confiarmos nEle e formos fieis experimentaremos a sua fidelidade.

Conclusão

Deus nos chama para sermos como soldados. Soldados devem estar atentos em todo tempo para não serem surpreendidos pelo inimigo.

Que Cada um nós procure ser verdadeiramente vigilante. Deus quer contar conosco. Para isso, precisamos apenas ser bons soldados.

 

 

 

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s