CURSO BIBLICO EM APOCALIPSE – capitulo 07

CURSO BIBLICO EM APOCALIPSE 07

Texto bíblico:

O povo de Deus

 1 Depois disso vi nos quatro cantos do mundo quatro anjos em pé. Eles estavam segurando os quatro ventos da terra a fim de que nenhum vento soprasse sobre ela, nem sobre o mar, nem sobre nenhuma árvore. 2 Então vi outro anjo, que subia do lado leste e que tinha na mão o sinete do Deus vivo. Ele gritou com voz bem forte para os quatro anjos que tinham recebido o poder de fazer estragos na terra e no mar. 3 O anjo disse: —Não façam estragos na terra, nem no mar, nem nas árvores, até que marquemos com o sinete a testa dos servos do nosso Deus.

 4 Aí me foi dito o número dos que foram marcados: eram cento e quarenta e quatro mil. Eles pertenciam a todas as tribos do povo de Israel, 5 ( 5 – 8 ) doze mil de cada tribo: de Judá, Rúben, Gade, Aser, Naftali, Manassés, Simeão, Levi, Issacar, Zebulom, José e Benjamim. 6 ( 5 – 8 ) doze mil de cada tribo: de Judá, Rúben, Gade, Aser, Naftali, Manassés, Simeão, Levi, Issacar, Zebulom, José e Benjamim. 7 ( 5 – 8 ) doze mil de cada tribo: de Judá, Rúben, Gade, Aser, Naftali, Manassés, Simeão, Levi, Issacar, Zebulom, José e Benjamim. 8 ( 5 – 8 ) doze mil de cada tribo: de Judá, Rúben, Gade, Aser, Naftali, Manassés, Simeão, Levi, Issacar, Zebulom, José e Benjamim.

A multidão de vestes brancas

 9 Depois disso olhei e vi uma multidão tão grande, que ninguém podia contar. Eram de todas as nações, tribos, raças e línguas. Estavam de pé diante do trono e do Cordeiro, vestidos de roupas brancas, e tinham folhas de palmeira nas mãos. 10 E gritavam bem alto: —Do nosso Deus, que está sentado no trono, e do Cordeiro vem a nossa salvação. 11 Todos os anjos estavam de pé em volta do trono, dos líderes e dos quatro seres vivos. Então eles se jogaram diante do trono, encostaram o rosto no chão e adoraram a Deus, 12 dizendo: —Amém! Ao nosso Deus pertencem para todo o sempre o louvor, a glória, a sabedoria, a gratidão, a honra, o poder e a força! Amém! 13 Um dos líderes me perguntou: —Quem são estes que estão vestidos de branco? De onde foi que vieram? 14 —Eu não sei. O senhor sabe! —respondi. Então ele me disse: —Estes são os que atravessaram sãos e salvos a grande perseguição. São as pessoas que lavaram as suas roupas no sangue do Cordeiro, e elas ficaram brancas. 15 É por isso que essas pessoas estão de pé diante do trono de Deus e o servem de dia e de noite no seu templo. E aquele que está sentado no trono as protegerá com a sua presença. 16 Elas nunca mais terão fome nem sede. Nem o sol nem qualquer outro calor forte as castigará. 17 Pois o Cordeiro, que está no meio do trono, será o pastor dessas pessoas e as guiará para as fontes das águas da vida. E Deus enxugará todas as lágrimas dos olhos delas.

 

Introdução

Há uma pausa entre a abertura do sexto e do sétimo selos; Deus para o julgamento por um breve espaço de tempo enquanto sela os 144.000 judeus que levarão sua mensagem até os confins da terra. Não fica to­talmente claro que esses judeus se­rão embaixadores do Senhor, porém presumimos que ele os sela por essa razão.

Vimos que se aproxima o dia da cólera de Deus (6:15-17) e, por isso, ele traz bonança à tempestade a fim de estender sua misericórdia aos judeus e aos gentios.

Essa passa­gem apresenta dois grupos de pes­soas redimidas:

Os judeus selados (7:1-8)

Os ventos do céu falam do julga­mento de Deus, e, nessa passagem, os julgamentos caem especifica­mente sobre a terra, o mar e a ve­getação. Talvez os quatro anjos que “seguram os ventos da terra sejam os mesmos que soaram as quatro primeiras trombetas, pois os julga­mentos são semelhantes (veja 8:6- 12).

O que vem do Oriente segura o selo de Deus. O selo representa posse e proteção; leia 9:4.

Hoje, o Espírito Santo sela o cristão (Ef 1:13-14). O ato de selar acontece no momento em que o pecador crê em Cristo e garante ao crente a vida eterna e a habitação no céu.

O anjo com o selo ordena que os ou­tros retenham o julgamento até que os servos do Senhor sejam selados e, assim, poupados do julgamento por vir. Veja uma cena paralela em Ezequiel 9.

Os anjos são sempre atuantes na obra do Senhor. Lembre-se que Cristo disse que os anjos do Senhor parti­cipariam do trabalho de juntar seus eleitos (Mt 24:31). Além dos anjos dos ventos, temos os anjos do fogo (14:18) e os da água (16:5). Esses anjos são os ministros especiais de Deus que supervisionam a ativida­de da natureza.

Todos esses servos selados são judeus: há 12.000 judeus de cada tribo de Israel.

Infelizmente, alguns cristãos bem-intencionados ensi­nam que esses 144.000 simbolizam a igreja (o novo Israel), e isso não é possível, porque, nesse ponto da história, a igreja já não estará mais na terra. Os 144.000 são judeus de verdade que estarão vivos nessa época. Provavelmente, eles serão ganhos para Cristo pelo ministério de Moisés e de Elias, as duas tes­temunhas que pregarão durante o período da tribulação (veja 11:1- 12).

Talvez esses judeus sejam es­colhidos como missionários do Se­nhor— 144.000 “apóstolos Paulo” que levarão o evangelho às nações! Esse evento cumpre a profecia de Cristo, relatada em Mateus 24:14,  e resulta na salvação de milhares de gentios (7:9ss). Imaginamos o que podem fazer 144.000 minis­tros desse gabarito ao lembrarmos quantas almas Paulo ganhou du­rante seu ministério!

A tribo de Manasses substituiu a de Dã, que está faltando nessa lis­ta. Parece que as razões para a ex­clusão da tribo de Dã são as seguin­tes:

(1) Dã levou Israel à idolatria (jz18:30; 1 Rs 12:28-30);

(2) Além dis­so, Deus prometera destruir o nome dos idólatras (Dt 29:1 8-21).

Os gentios salvos (7:9-17)

Os judeus foram contados, porém essa multidão de salvos não pode ser contada. Esses gentios são o fru­to do trabalho dos 144.000 judeus e vêm de todas as nações da terra.

Eles não fazem parte da igreja, já que os vimos diante do trono, e não nos tronos como os anciãos. O ver­sículo 14 deixa claro que eles vêm (não vieram) da grande tribulação. Aqui, João vê-os diante do trono ce­lestial louvando a Deus e ao Cordei­ro. As “palmas” sugerem a Festa dos Tabernáculos do Antigo Testamento (Lv 23:40-43), evento em que Israel regozijava-se pelas bênçãos do Se­nhor. Eles usam “vestiduras” bran­cas, o que indica a justiça deles ad­quirida por intermédio do Cordeiro. O versículo 14 afirma que eles fo­ram salvos pela fé em Cristo, a úni­ca forma de sermos salvos.

Os versículos 15-17 enumeram as provações que esses gentios so­freram na terra. Passaram fome e sede, pois foram vítimas da escassez de alimento e de água limpa. Eles não tinham refúgio para o calor do dia. Eles choraram e sofreram prova­ções.

Esses crentes recusaram-se a receber a marca da “besta” (13:16- 18) e, por isso, não podem comprar nem vender nada. Eles incorreram na ira dos governantes por causa da amizade com os judeus odiados e perseguidos. Claro que também so­freram os terríveis julgamentos da tribulação: o racionamento de ali­mento (13:17); a transformação de água em sangue (1 6:4); e a queimação com fogo (16:8-9).

Veja que os 144.000 sobrevivem à tribulação, enquanto as multidões de crentes gentios darão a vida du­rante esse período horrível. (Lembre- se das almas sob o altar de 6:9-11.)

Deus recompensará esses gentios crentes e lhes dará glória por causa do sofrimento por que passaram. Muitos estudiosos acreditam que no reino milenar se cumprirão as promessas dos versículos 14-17, em vez de no céu. Apocalipse 20:4 indica uma res­surreição especial para esses mártires da tribulação e promete que viverão e reinarão durante o reinado das eras. No entanto, temos bons motivos para aplicar os versículos 14-17 à condi­ção abençoada dos santos de Deus, os que agora estão na glória.

Em suma, vemos que:

Israel vol­tou à sua antiga terra de descrença. Inicia-se a adoração no templo. O anticristo governa, e o mundo se convulsiona por guerras, fome e caos político e econômico.

As duas testemunhas (Moisés e Elias) pregam em Israel, e Deus selou o remanescente da na­ção — 144 mil judeus — para ser suas testemunhas em meio aos gen­tios.

Sem dúvida, o ministério deles será perseguido, e muitos serão pre­sos (Mt 25:36). Todavia, os gentios convertidos os ajudarão, e muitos gentios darão a vida pelo evangelho por causa de seu testemunho.

Muitos estudiosos crêem que 2 Tessalonicenses 2:11-14 indica que as pessoas que rejeitam o evange­lho com obstinação, durante essa era de graça, não poderão ser sal­vas depois do arrebatamento da igreja. Eles argumentam que as pessoas que não crêem na verdade, acreditarão na mentira. Elas não apenas deixaram de ouvir e de en­tender a Palavra, como também a rejeitaram de pronto.

De qualquer forma, após o arrebatamento da igreja, uma multidão de gentios vai crer no evangelho e estar disposta a entregar a vida por Cristo. Sim, as pessoas serão salvas durante o período da tribulação, mas paga­rão um alto preço por isso. É muito mais sábio receber Cristo hoje!

 

Podemos resumir o capítulo da seguinte forma:

Grupo #1 (7:1-8)

Judeus

O grupo de 144.000

Selados e protegidos

Vistos testemunhando na terra

Entram no reino

Grupo #2 (7:9-17)

Gentios

Multidões que nenhum ho­mem poderia contar

Não selados; muitos morrerão

Vistos adorando no céu

Compartilham o reino

 

Abraços a todos e na próxima semana continuaremos nosso estudo.

 

Pr Josias Moura de Menezes.

 

João Pessoa, 07.05.2015

4 thoughts on “CURSO BIBLICO EM APOCALIPSE – capitulo 07

  1. Paz, Pastor teria como o Senhor me enviar o estudo completo do apocalipse; queria fazer este estudo; aguardo a respostar pazz; Valnice;

    Curtir

  2. Prezado Pastor Josias,

    O senhor teria algum estudo da Hsitória da Igreja?

    Ana Lucia da Matta Louback de Almeida

    Enviado via iPad

    >

    Curtir

  3. Pastor estes estudos estão ótimos e de fácil entendimento é só orar antes de estudar para que o Espírito Santo nos de entendimento e complete nosso entendimento segundo a vontade do Senhor.
    Gostaria de receber um estudo sobre este assunto “Vida após a morte” pois eu penso que nosso espírito retorna a Deus após a morte e estamos neste momento aguardando a volta de cristo para recebermos a glorificação, porem estamos num estado de bem aventurança.

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s