03.08.2014–Estudo EBD. Tema: Tornando-se um cristão de qualidade

>>CLIQUE AQUI PARA COPIAR ESTE ESTUDO

 

Tornando-se um

cristão de qualidade

Irmãos, não sejais meninos no juízo; na malícia, sim, sedes crianças; quanto ao juízo, sede homens maduros.” (1Co 14.20)

Você está incluído na grande comissão e ela está incluída na sua missão.

Dentro desta responsabilidade você tem duas escolhas: melhor qualidade ou pior qualidade. (Is 52.7; Jr 48.10)

O cristão que faz a obra do Senhor relaxadamente se torna mundano e seu interesse se volta para a sua satisfação pessoal. Até participa das reuniões na igreja, mas busca meios para que Deus torne sua vida mais confortável. Quere usar Deus para os seus propósitos em vez de ser usado no propósito de Deus.

Já o cristão de qualidade tem noção de que foi salvo por Deus e para servir. Busca oportunidade para ser usado por Ele.

Nos dias dos primeiros cristãos o transporte e a comunicação a larga distância eram difíceis, mas eles entenderam sua missão e transpuseram as barreiras para que as boas novas chegassem até nós.

Hoje não temos desculpas para não cumprir a grande comissão. Podemos fazer missões internacionais sem precisar sair de casa. Os meios de comunicação nos permite dar e receber notícias em tempo real.

Os maiores obstáculos de hoje não são a distância, o custo ou o meio de transporte, mas é a nossa maneira de pensar. Um cristão de qualidade deve dispor sua maneira de pensar, mudando suas perspectivas e atitudes.

Não seja egoísta, mas altruísta.

A Bíblia diz: Irmãos, não pensem como crianças mas como adultos. O primeiro passo para se tornar um cristão de qualidade é mudar o pensamento. Pare de olhar para seu “umbigo” e olhe para as necessidades do seu próximo. São as crianças que são egoístas, os adultos não devem ser. (1Co 14.20; Fl 2.4)

É difícil fazer uma mudança de mentalidade, por sermos naturalmente egocentrístas. A melhor maneira de sermos altruístas é manter um relacionamento bem estreito com Deus. Deus não nos deixou só. Ele nos deu o Espírito Santo para nos ajudar nas necessidades espirituais. (1Co 2.12)

Quando conseguimos deixar que o Espírito santo nos controle, então vamos começar a pensar nas necessidades espirituais das outras pessoas. (1Co 10.33)

Não pense pequeno, mas de forma global.

Deus é global e quer que também sejamos, para que as “boas novas” alcance povos distantes. Deus amou o mundo….(Jo 3.16)

A globalização já é uma realidade e a igreja não pode ignorar isso. A nossa vida está entrelaçada com as vidas de outras pessoas, através da moda, da música, do esporte, da economia, entre outras coisas.

O primeiro passo para começar a pensar de maneira global, é orar por países ou povos específicos. Depois se envolver através das notícias desses países e suas necessidades.

Em at 1.8, Jesus nos deixou um padrão para nosso envolvimento. Primeiro a comunidade, depois o país, outras culturas e nações. A comissão não é uma seqüência; ela é simultânea. Nem todos temos o dom de missões, mas somos chamados para uma missão.

Não pense no transitório, mas no eterno.

A vida e suas atividades na terra são temporárias, temos uma eternidade para viver, portanto nos concentremos nela. (2Co 4.18)

A ordem de Jesus é acumularmos riquezas nos céus, e não aqui na terra. (Mt 6.19 a 21) Você só vai acumular tesouros nos céus quando começar a desenvolver sua missão, investindo em vidas aqui na terra.

Não dê desculpas, cumpra sua missão.

Quando você começar a desviar seu coração das coisas pessoais e começar a direcioná-lo em direção à seara, vai descobrir que há várias maneiras de cumprir sua missão e ser um cristão de qualidade.

Muitas são as desculpas: não tenho dom, não sei falar outra língua, sou velho, sou muito jovem…

Deus não aceitou a desculpa de Sara por ser velha e nem de Jeremias que disse ser uma criança, ou ainda Moisés que tinha a língua presa. Deus não chama os capacitados, mas capacita os chamados. (Gn 18.12 a 14; Ex 4.10 a 13; Jr 1.6 a 8).

Não são apenas algumas pessoas que Deus quer em sua missão, mas que todas as pessoas levem as “boas novas” de salvação ao mundo.

A grande comissão é sua comissão, e fazer parte é o grande segredo para ter uma vida de grande valor.” (Warren, 2003, pág 263)

Seja um cristão de qualidade.

PENSANDO SOBRE O PROPÓSITO DE MINHA VIDA

1 – Um tema para reflexão: A minha missão inclui a grande comissão.

2 – Um versículo para memorizar: “Maldito aquele que fizer a obra do Senhor relaxadamente…” (Jr 48.10a)

3 – Uma pergunta para meditar: O que me impede de iniciar a realização de minha comissão e ser um cristão de qualidade?

2 thoughts on “03.08.2014–Estudo EBD. Tema: Tornando-se um cristão de qualidade

  1. A paz do Senhor Jesus amado pastor! muito edificante suas mensagens bíblicas, o pr. me autorizaria publicar algumas no meu site? seja qual for a resposta do pastor continuarei a desfrutar destas ricas verdades bíblicas. Um abraço!

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s