08.06.2014. Estudo para EBD: Derrotando a tentação

CLIQUE AQUI PARA COPIAR O ARQUIVO FORMATADO

Derrotando a tentação

“Foge, outrossim, das paixões da mocidade. Segue a justiça, a fé, o amor  e a paz com os que, de coração puro invocam o Senhor”.  2Tm 2.22

 

Sempre há uma saída.

As tentações quase sempre nos levam a pensar que são mais fortes do que nós e que não vamos suportá-las. Mas a Palavra de Deus diz que Ele é fiel e não permite que sejamos tentados além do que suportamos. (1Co 10.13)

Para que as tentações não nos dominem e nos levem a pecar, é preciso fazer a nossa parte, praticando quatro fundamentos bíblicos.

Primeiro: Redirecionar nossa atenção. (Fl 4.8)

A orientação bíblica é para resistirmos ao Diabo e não à tentação. Quanto à tentação, a orientação é para reorientar os nossos pensamentos. (Tg 4.7)

“Toda vez que você tenta bloquear um pensamento, você o empurra mais para o fundo da memória. Resistindo, você na verdade o fortalece”. (Warren 2003, pág 182).  

Um pensamento negativo, quanto mais for combatido, mais ele se fortalece e controla você.

A tentação tendo origem no pensamento, para ser combatida, o método para neutralizar é desviar sua atenção para outra coisa, concentrar seu interesse em outra atividade.

A sua derrota para o pecado está em sua mente. Quanto mais você pensa a respeito de alguma coisa, mais força ela exerce sobre você. A maioria dos regimes não funciona, porque ele mantém a pessoa pensando em comida o tempo todo.

A tentação começa capturando a sua atenção. O que capta a sua atenção desperta suas emoções. Então, suas emoções ativam seu comportamento. Você age baseado no que sente. Quanto mais você se concentrar em ‘eu não quero fazer isso’, com mais força isso o aprisionará em sua teia”. (Warren 2003, pág 183).

Ignorar a tentação traz vitória, enquanto resisti-la traz derrotas. Ao mudar a direção dos pensamentos, as tentações perdem a força e são vencidas.

Muitas vezes será necessário sair fisicamente de uma situação. Desligue a TV, o rádio ou se afaste de grupos ou pessoas fofoqueiras. (Salmo 1.1 e 2)

“Não fique evitando o ferrão, afaste-se das abelhas”. (Warren 2003, pág 184).

Segundo: Tenha um amigo ou grupo de apoio (Pv 4.9 e 10)

Você não precisa revelar, a todos que o rodeia, os seus problemas ou tentações. Mas, precisa de pelo menos uma pessoa com quem possa compartilhar sua luta.

As vezes é difícil vencer um vício ou tentação sozinho. Você precisa de ajuda de outra pessoa que vai orar por você e com você, vai incentivá-lo e você vai prestar contas a ele.

Deus nos criou para nos relacionarmos e vivermos em comunhão para desfrutarmos a liberdade que Ele nos deu e assim crescermos juntos em direção a semelhança de Jesus. Se quisermos realmente derrotar a tentação, devemos seguir a orientação de Deus: Não reprima a tentação, confesse-a! Não a oculte, exponha! Isto é o início da cura.

Em certos momentos você é induzido por Satanás a pensar que seu pecado e tentação são exclusivos seus, e por isso deve mantê-los em segredo. Muitos já passaram ou ainda passam pelos mesmos problemas que nós, e podem ajudar ou ser ajudados a resolver os problemas. (1Pe 5.8 e 9)

Se as tentações persistem em nos perseguir, é porque não podemos combatê-las sozinhos. Algumas estão muito arraigadas e é preciso a ajuda de um pequeno grupo para vencer.

Para contar com a ajuda de irmãos sinceros, é preciso descer do pedestal, nos humilharmos e confessarmos nossos pecados. (Tg 4.6; 5.16).

Terceiro: Resista ao Diabo (Tg 4.7)

Como já falamos acima, a resistência não é à tentação e sim ao Diabo, e para isso precisamos estar preparados.

De que maneira podemos resistir ao Diabo? Paulo escreve em Ef 6.17 “Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito que é a palavra de Deus”.  

Primeiro passo: ter a salvação.

Por que você não será capaz de dizer não ao Diabo sem que tenha dito sim a Jesus. Sem Cristo não há defesa contra Satanás. A salvação protegerá nossas mentes contra as ciladas do Diabo. Se você é crente, Satanás não pode obriga-lo a coisa alguma. Pode apenas sugerir.

Segundo passo: a Palavra de Deus é a sua defesa contra Satanás

Jesus se defendeu contra as tentações no deserto citando as Escrituras (Mt 4.11). Jesus não discutiu com o Diabo. Ele não disse “não estou com fome” ou usou o seu poder para sacia-la ao ser tentado; mas se defendeu citando as Escrituras. Temos poder ao usarmos as Escrituras. A memorização da Palavra de Deus é essencial para estarmos prontos no combate a Satanás.

Se você não sabe nenhum versículo bíblico de cor, sua arma está sem balas!” (Waren 2003 pág 187). Memorize as escrituras e estará municiado.

Quarto: Reconheça que é vulnerável (Jr 17.9)

Não devemos confiar em nós mesmos. O homem  é vulnerável e tem tendência para o pecado. (Rm 3.10 a 12)

Não podemos jamais baixar nossa guarda e imaginar que somos imunes às tentações. Qualquer vacilo será um passo para a derrota. “Aquele que pensa estar em pé, veja que não caia”. ICo 10.12)  É mais fácil ficar fora das tentações do que se livrar delas depois.

Seja vigilante, não se descuide, pois as tentações se oferecem a todo momento. (Mc. 26.41)

       

PENSANDO SOBRE O PROPÓSITO DE MINHA VIDA

1– Um tema para reflexão: Sempre há uma saída..

2– Um versículo para memorizar: “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel, e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças, pelo contrario, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que possais suportar”.  1Co 10.13

3– Uma pergunta para meditar: Como estou tratando as tentações? Resistindo ou redirecionando o pensamento?

 

2 thoughts on “08.06.2014. Estudo para EBD: Derrotando a tentação

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s