MANUAL DO NOVO CONVERTIDO

MANUAL DO NOVO CONVERTIDO

Conselhos da Palavra de Deus para

Novos seguidores de Cristo

Igreja do Betel Brasileiro

Presenteado a:

______________________________________________________________

Seu Nome Completo

Amigo,

Este livrete foi preparado especialmente para pessoas que já tomaram a decisão de receber Jesus Cristo como Salvador e segui-lo como Senhor.

Se já tomou esta decisão, as páginas que se seguem aju­darão você a entender o que fez, o que Deus fez e o que você ainda precisa fazer para viver uma vida cristã feliz e vitoriosa.

Leia sua Bíblia e este livrete diariamente. Fale freqüentemente com Deus. As palavras grifadas assim foram extraídas diretamente da Bíblia. Preste uma atenção espe­cial nelas. As referências foram impressas junto aos ver­sículos para lhe ajudar a encontrá-los na Bíblia.

Se você ainda não decidiu seguir a Jesus Cristo, este livrete pode lhe proporcionar a compreensão que precisa para se decidir. Eu espero confiantemente em Deus que você decida.

Deus abençoe a sua vida.

ÍNDICE

1. Por que precisamos de Jesus Cristo?

2. Deus tem boas notícias para nós!

3. Como começar

4. O que acontece quando recebemos o Senhor Jesus Cristo?

5. Como podemos ter certeza da nossa salvação?

6. Você precisa orar

7. A Bíblia

8. Vantagens da leitura bíblica…………………………………………………………………………….. 8

9. Como ler a Bíblia

10. Onde ler

11. Leituras selecionadas

12. Tentação

13. Dez dicas para vencer a tentação

14. O Testemunho

15. A Igreja

16. Como se unir a uma Igreja

17. Uma palavra final

1. Por que precisamos de Jesus Cristo?

Fomos todos criados por Deus e para Deus. Ele queria ser nosso melhor amigo, e eterno Senhor. Mas os pecados que cometemos nos afastaram dele e trouxeram problemas e infelicidade à nossa vida. A Bíblia declara nossa situação sem Cristo:

· Pecadores. “Todos pecaram e carecem da glória de Deus.” (Romanos 3.23.)

· Espiritualmente mortos. “O salário do pecado é a morte.” (Romanos 6.23.)

· Condenados. “Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado.” (João 3.18.)

· Separados de Deus. “Vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus.” (Isaías 59.2.)

· Sem outras opções. “Não há salvação em ne­nhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum ou­tro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos.” (Atos 4.12.)

Resumindo, sem Jesus estamos perdidos. Vivemos para nós mesmos, dirigindo nossa própria vida, buscando nos­sos próprios interesses. Fazemos a nossa própria vontade e não a de Deus. Transgredimos as leis de Deus, tornando-nos culpados diante dele. Tornamo-nos egoístas e vivemos frustrados. Ficamos envolvidos pelo pecado, perdemos o controle de nós mesmos e sofremos terríveis conseqüências.

O pior é que quando a vida termina, a separação de Deus se torna definitiva e eterna. E o destino terrível que Jesus chamou de inferno. Parece pavoroso, mas…

2. Deus tem boas notícias para nós!

Apesar de nossas falhas, fracassos e pecados, Deus nos ama. Não importa o que tenhamos feito, ele quer nos sal­var e ainda quer ser nosso amigo. Ele tem um plano ma­ravilhoso para restaurar a nossa vida. Deus conhece nossa triste condição e, até mesmo antes de nascermos, enviou Jesus Cristo para receber em seu próprio corpo o castigo de nossos pecados. Ele nos oferece perdão e nova vida.

Jesus significa "Salvador". Ele veio para salvar-nos. Cristo significa "escolhido". Deus o escolheu e o enviou para cuidar das nossas necessidades e dos nossos problemas.

"Deus prova o seu próprio amor para conosco, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores." (Romanos 5.8.).

Mas Jesus Cristo não foi vencido pela morte. Ele ressuscitou e vive para salvar você agora mesmo! Agora que sabe o quanto Jesus o ama, está pronto para segui-lo?

3. Como começar

Sabendo que Deus o ama e lhe oferece o perdão, fale com ele (em suas próprias palavras) e…

Confesse seus pecados. Mencione-os pelo nome:

mentira, orgulho, desonestidade, roubo, adultério, ódio ira, rancor, ganância, egoísmo, impureza, idolatria, macumbaria… ou outros pecados. Admita que está errado.

Diga a Deus que está arrependido e que com a ajuda dele, você está disposto a abandonar todos os pecados. Deixe ele dirigir sua própria vida e entregue o controle a Jesus.

Renuncie consagrações anteriores. Devoção a "santos" ou guias espiritualistas é contra a vontade de Deus, pois representam Satanás e recebem dele poder para prejudicar sua vida. Em alta voz, renuncie todos eles assim:

"Em nome de Jesus Cristo, eu renuncio Satanás, todos os espíritos malignos, toda a devoção a guias espiritualistas, "santos" e outras religiões. Desfaço minha consagração, me consagro, voluntariamente ao Senhor Jesus Cristo".

Diga a Deus que crê nele e em Jesus Cristo, e que se entrega completamente a ele. Crer nele é confiar que só Jesus Cristo pode salvar sua vida e sua alma… É crer também que ele está fazendo isso agora! Peça o perdão de seus pecados e que o Senhor Jesus entre no seu coração para estar sempre na sua vida. Ele perdoará seus pecados quando você o receber no coração, ele receberá você na família e no reino de Deus.

Para finalizar sua decisão, agradeça ao Senhor Jesus por seu amor e perdão.

4. O que acontece quando recebemos o Senhor Jesus Cristo?

Quando nos arrependemos dos nossos pecados e de depositamos nossa fé em Jesus, entregando-lhe o controle de nossa vida, uma série de coisas fantásticas acontece instantaneamente:

1.Deus perdoa todos os nossos pecados. "Homem, estão perdoados os teus pecados." (Lucas 5.20.)

2.Deus nos dá a vida eterna. "…para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3:16)

3.Deus nos dá a condição de justos diante dele.

"Se manifestou a justiça de Deus… mediante a fé em Jesus Cristo para todos os que crêem…" (Romanos 3.2l,22).

4.Deus nos transforma em filhos dele. "Mas, e todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus." (João 1.12.)

5. Cristo entra em nossa vida para viver em nós.

"Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele e ele comigo." (Apocalipse 3.20.) A porta é a do seu coração. Quando convidamos Cristo a entrar, ele entra e faz em nós sua morada.

6. Jesus se torna nosso companheiro constante.

"Estou convosco todos os dias…" (Mateus 28.20.)

Como filho de Deus, já perdoado, e com Cristo no coração assistindo-o sempre, você pode viver uma vida transformada. Conserve uma atitude de arrependimento e fé, e procure obedecer ao que a Bíblia ensina. Se confiar humildemente em Cristo, você vencerá com ele!

5. Como podemos ter certeza da nossa salvação?

É maravilhoso ser salvo através da fé em Jesus Cristo. Melhor ainda é ter certeza absoluta da salvação. Esta certeza nos é transmitida por Deus de três maneiras:

1.Pela Palavra de Deus. Todas as promessas de Deus são verdadeiras. Quando fazemos a nossa parte ele faz a parte dele. Quando nos arrependemos, ele perdoa. Quando convidamos Jesus para entrar no coração, ele entra mesmo.

"E o testemunho é este, que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está no seu Filho. Aquele que tem o Filho (no coração) tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida. Estas cousas vos escrevi a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o nome do Filho de Deus’: (1 João 5.11-13.)

2.Pela confiança íntima que o Espírito Santo nos dá. "O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus." (Romanos 8.16.) Recebemos de Deus uma confirmação de que não pertencemos mais a Satanás e nem a nós mesmos; pertencemos a Deus. Somos seus filhos. "Aquele que crê no Filho de Deus tem em si o testemunho." (I João 5.10)

3.Pela vida transformada. "Se alguém está em Cristo, é nova criatura: as cousas antigas já passaram; eis que se fizeram novas." (2 Coríntios 5.17)

Cristo efetua mudanças em nossos pensamentos, e tenções, atitudes, palavras e ações. Sua vida mudou? E evidência da atuação do Senhor.

A certeza da salvação não vem através dos sentimentos, pois estes são instáveis. A certeza vem através de uma convicção interior. Confie em Deus e em sua Palavra.

Agora que você creu em Jesus para a salvação, há algumas coisas que precisa fazer.

6. Você precisa orar

Como filho de Deus, você precisa conversar com seu Pai celestial. Mesmo achando que não sabe falar com ele, experimente! Ele terá prazer em ouvir e responder às suas orações.
1.Ore sozinho, diretamente ao Pai. Jesus disse: "Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto, e fechada a porta, orarás a teu Pai’: (Mateus 6.6.)

2.Ore com humildade. "Deus resiste aos soberbos, contudo aos humildes concede a sua graça." (1 Pedro 5.5.)

3.Ore em nome de Jesus. Jesus disse: "Ninguém
vem ao Pai senão por mim."
(João 14.6.) "E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu
nome, eu o farei."
(João 14.13,14.) Nada de outros intermediários, não adianta.

4.Ore com a consciência pura. Se tiver cometido
pecados, confesse-os. "Se eu atender à iniquidade em meu coração, o Senhor não me ouvirá." (Salmo 66.18 — Revista Corrigida.) Por outro lado, "Se o coração não nos
acusar, temos confiança diante de Deus; e aquilo que pedimos dele recebemos."
(1 João 3.21,22.) Se tiver ofendido
ou prejudicado a alguém, procure essa pessoa, peça-lhe perdão e faça o acerto que for necessário.

5.Ore com ações de graça. Não esqueça de dizer:
"Obrigado, Pai." "Em tudo dai graças, porque esta é a
vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco."
(1 Tessalonicences 5.18)

6.Ore diariamente.Tenha uma hora e lugar para
orar diariamente, de preferência sempre à mesma hora.
Cedinho, pela manhã, é excelente ocasião para buscar
a presença do Pai. "Pela manhã ouvirás a minha voz
ó Senhor; pela manhã me apresentarei a ti, e ficarei
esperando."
(Salmo 5.3)

7.Ore esperando receber a resposta. "Tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco." (Marcos 11.24.)

8.Ore com naturalidade, usando suas próprias palavras. Não procure imitar as orações dos outros e nem fique repetindo palavras vazias ensinadas por outros. "E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; por que presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos." (Mateus 6.7.) Cada um tem sua própria maneira de se expressar.

9. Ore segundo a vontade de Deus. "E esta é a confiança que temos para com ele, que, se pedirmos alguma cousa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temas feito." (1 João 5.14,15.)

10. Ore com persistência. Se a resposta não vier imediatamente, continue orando e diga a Deus que crê que a resposta virá. "Pedi e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos á" (Lucas 11.9.)

II. Ore com um companheiro. Cada pessoa deve orar sozinho, mas existem também momentos em que precisamos de um parceiro. "Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles." (Mateus 1820)

7. A Bíblia

Você precisa ler freqüentemente o livro dos livros, a Bíblia. Temos muitas provas do eterno poder da Palavra de Deus.

1.As vidas transformadas pela leitura e prática de suas palavras.

2.A fidelidade dos seus inspirados escritores, muitos dos quais morreram pela fé.

3.A coerência do conteúdo, apesar de escrito por dezenas de servos de Deus, e num período de vários séculos.

4.O cumprimento minucioso das profecias.

5.O testemunho de Jesus, confirmando as palavras do Velho Testamento.

6.As recentes descobertas arqueológicas.

7.O testemunho que ela dá a respeito de si mesma: "Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para
a repreensão, para a correção, para a educação na justiça,
a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente
habilitado para toda boa obra."
(2 Timóteo 3.16-17.)

8. Vantagens da leitura bíblica

1.Ela nos fortalece. "Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes, e a Palavra de Deus permanece em vós." (I João 2.14.) "Fortalece-me segundo a tua palavra." (Salmo 119.28.)
2.Ela nos purifica.
"Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado." (João 15.3.) "De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? observando-o segundo a tua palavra."(Salmo 119.9.)

3.Ela nos ajuda a receber respostas de oração. "Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito."(João 15.7.)

4.Ela traz gozo ao nosso coração. "Tenho-vos dito estas cousas para que o meu gozo esteja em vós, e o vosso gozo seja completo." (João 15.11.)

5.Ela nos alimenta espiritualmente. "Desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que por ele vos seja dado crescimento para a salvação." (1 Pedro 2.2.)

6.Ela nos traz sabedoria. "Os teus mandamentos me fazem mais sábio que os meus inimigos…compreendo mais do que todos os meus mestres, porque medito nos teus testemunhos." (Salmo 119.98,99.)
7.Ela orienta nossa vida e nossas decisões. "Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para os meus caminhos." (Salmo 119.105.)
8.Ela garante nosso sucesso. "Não cesses de falai
deste livro da lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo a tudo quanto nele está escrito; então farás prosperar o teu caminho e serás bem sucedido."
(Josué 1.8.)

9. Como ler a Bíblia

1. Leia na expectativa de que Deus lhe fale ao coração. Ore pedindo que Deus o ajude a entender o que lê. O salmista Davi orou assim: "Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei." (Salmo 119.18.)

2. Leia fazendo perguntas. O que Deus quer de mim neste trecho? O que é que esta passagem revela sobre Deus, sobre Jesus, sobre mim e sobre a vontade dele? Há aqui alguma ordem para eu obedecer? Alguma promessa da qual deva me apropriar? Como as verdades deste texto podem ser aplicadas à minha vida?

3. Leia várias vezes. Para entender bem uma passagem, nada melhor que a repetição. A Bíblia é um livro que deve ser consultado com freqüência.

4. Leia meditando. E melhor uma pequena passagem lida, entendida e aplicada, do que as muitas verdades de um texto longo, vistas superficialmente. (Salmo 1)

5. Leia com disposição de praticar a palavra. "Tomai-vos, pois, praticantes da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos." (Tiago 1.22)

6. Memorize versículos e referências. "Ponde, pois, estas minhas palavras no vosso coração e na vossa alma." (Deuteronômio 11.18.)

10. Onde ler

A Bíblia é composta de duas partes: o Antigo Testamento, que foi escrito antes da vinda de Jesus Cristo e contém 39 livros, e o Novo Testamento, que foi escrito depois da vinda de Jesus Cristo e contém 27 livros. Os livros são divididos em capítulos, e estes em versículos numerados.

Você deve começar com os livros do Novo Testamento. Leia o livro de 1 João e, em seguida, os evangelhos de João e Marcos. Leia os Salmos, porque serão de grande utilidade na sua vida devocional. Leia um capítulo de Provérbios por dia. Depois, Atos dos Apóstolos, Efésios, Filipenses e os demais livros da Bíblia.

Para localizar estes livros, consulte o índice que se encontra em uma das primeiras páginas. O importante é ser persistente e sistemático. Anote suas descobertas e não tenha receio de sublinhar passagens preciosas. Escreva na margem das páginas. Uma Bíblia marcada é uma Bíblia bem aproveitada.

A grande finalidade da leitura bíblica e da oração é manter uma comunhão íntima com Deus. Através dela recebemos do Senhor o alimento indispensável ao dia-a-dia de nossa vida espiritual.

11. Leituras selecionadas

Quando Você …

· Estiver enfermo ou em sofrimento: Tiago 5.13-18; João 11.1-45; Salmos 6 e 41.

· Fracassar nos negócios: Salmo 37; Mateus 6.24-34.

· Desejar paz interior: João 14; Salmos 23 e 91.

· Sofrer ingratidão: 1 Coríntios 13; Isaías 49.14,15.

· Sentir-se provado: Tiago 1.2-15.

Se você…

· Tiver pecado: Salmo 51; Isaías 53; João 3; 1 João 1.9.

· Necessitar de perdão: Lucas 15; Mateus 6.14,15.

· Desejar paz e alegria no lar: Efésios 5.22,23; 1 Pedro 3.1-12.

· Quiser aprender a orar: Mateus 6.5-18; Salmos 23 e 51.

· Quiser viver em paz com o próximo: Mateus 5.23-26; Mateus 7.12; Romanos 12.9-21.

· Quiser certeza da salvação: João 3.16,18 e 36; 1 João (a carta inteira).

A grande finalidade da leitura bíblica e da oração é manter uma comunhão íntima com Deus. Através dela recebemos do Senhor o alimento indispensável ao dia-a-dia de nossa vida espiritual.

12. Tentação

Mesmo tendo Cristo em sua vida, você será tentado a pecar. Mas, não desanime, isso é normal. Você pode aprender a vencer a tentação. Poderá até ser fortalecido através da tentação quando a enfrenta e resiste. Lembre-se, a tentação em si não é pecado. Jesus também ‘foi ele tentado em todas as cousas, à nossa semelhança, mas sem pecado." (Hebreus 4.15b.)

A tentação é um convite para transgredir a lei de Deus. Ela pode tomar o pecado atraente, mas não irresistível ou inevitável. Você pode recusá-lo com a ajuda do Senhor.

A tentação segue a seguinte fórmula publicitária:

A – Chamar Atenção

I – Criar Interesse

D – Formar Desejos

A – Pedir Ação

A tentação começa com um simples pensamento. Esse pensamento torna-se interessante e começa a apelar para os seus desejos naturais, intensificando-os até o ponto de motivá-lo a agir errado. Antes que isso aconteça, tome uma posição contra a tentação. Você vencerá!

13. Dez dicas para vencer a tentação

1.Reconheça a fonte de tentação. "Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e ele mesmo a ninguém tenta. Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte." (Tiago 1.13-15). Deus não quer que você peque.

2.Entenda por que Deus o deixa ser tentado. O Senhor quer fazê-lo forte e sabe que você precisa enfrentar oposição. "Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes" (Tiago 1:2-4)Deus quer fortalecer você!

3.Saiba que Deus limita o nível da tentação que você enfrenta. Outras pessoas enfrentam as mesmas tentações que você enfrenta. Ele não permitirá que a tentação seja forte demais. "Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar." (I Coríntios 10:13) Deus o ajudará a vencer!

4.Afaste-se dos lugares, práticas, leituras e pessoas que antes o conduziam ao erro. Certos ambientes devem ser evitados a qualquer custo. "Foge, outrossim, das paixões da mocidade." (2 Timóteo 2.22a.) Cuidado com o tipo de entretenimento que escolhe, e o programa de TV que assiste. "Portas a dentro, em minha casa, terei coração sincero. Não porei cousa injusta diante dos meus olhos." (Salmo l0l.2b-3a.) Deus quer que você esteja livre de todos os empecilhos à uma vida vitoriosa!

5.Faça uma consagração completa ao Senhor.

"Rogo-vos, pois irna2os, pelas misericórdias de Deus que apresenteis os vossos corpos por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus." (Romanos 12.1.) Deus quer toda a sua vida.

6.Lembre-se de que pertence a Deus e possuí o seu poder. "Considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus… Porque o pecado não terá domínio sobre vós…" ( Romanos 6.11,14.) Deus lhe dará domínio sobre o pecado!

7.Cuide de sua forma espiritual. Meditação bíblica e oração diária lhe darão forças para resistir à tentação. Alimente-se bem, faça exercícios, descanse o suficiente, cuide de seu corpo! "Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca." (Mateus 26.41.) Deus quer que você esteja forte.

8.Aprenda a resistir a Satanás. Quando você se sentir atraído por algo que está fora dos limites estabelecidos por Deus poderá dizer: "Não! Sou filho de Deus. Em nome de Jesus me recuso a pensar nessas coisas" "Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós." (Tiago 4:7) Deus abençoará a sua decisão!

9.Fale de sua tentação com um cristão maduro em quem confia. Escolha um amigo para andar junto com você. Tornem-se reciprocamente responsáveis. Peça oração quando se sentir fraco. Cobrem fidelidade um do outro. Abram o coração sobre as tentações que enfrentam. "Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles." (Mateus 18.20.) Deus quer lhe dar um companheiro de comunhão e oração.

lO. Se cair.. .levante-se de novo. Confesse o pecado a Deus e receba seu perdão. "Filhinhos meus, estas cousas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo; e ele é a propiciação pelos nossos pecados…" (1 João 2.1,2.) "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça." (1 João 1.9.) Deus purificará o seu coração.

14. O Testemunho

Agora que tem uma experiência com Cristo, seus colegas devem notar uma diferença em você. É provável que fiquem observando por algum tempo, para ver se você vai permanecer firme, mas não demora vão querer uma explicação. Você precisa mostrar-lhes, pelo exemplo de sua vida e pelo testemunho verbal, o que Cristo significa para você.

1.Conte aos conhecidos o que aconteceu na sua vida. A sua palavra ajudará a consolidar a sua posição. "Se com a tua boca confessares a Jesus Cristo como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo." (Romanos 10.9.) Seu testemunho poderá ser usado por Deus para ganhar outros. Não se preocupe pela falta de conhecimento bíblico agora. O importante é dizer o que aconteceu a você.

2.Peça a Deus a plenitude do Espírito Santo. Jesus disse: "Recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo e sereis minhas testemunhas". (Atos 1:8) Todos os verdadeiros cristãos tem o Espírito Santo vivendo neles, mas precisam estar sempre cheios e controlados por esse Espírito. Ele o guiará quanto ao que dizer e com quem falar. E ele poderá dar-lhe a coragem necessária para começar. "Enchei-vos do Espírito." (Efésios 5.18.)

3.Decore alguns versículos bíblicos para reforçar o testemunho. "Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o perdido." (Lucas 19.10.) "Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3.16.) "Ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento." (2 Pedro 3.9.) "Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus." (Romanos 3.23.) "Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores." (Romanos 5.8.) "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor" (Romanos 6.23.) "Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele e ele comigo." (Apocalipse 3.20.)

4.Testifique para sua família. "Crê no Senhor Jesus, e serás salvo, tu e tua casa." (Atos 16.31.) Deus deseja usar você para alcançar os membros de sua família: pai, mãe, irmãos, irmãs, filhos e outros parentes. E bom reconhecer que, às vezes, essas são as pessoas mais difíceis de alcançar. Você precisará de muita paciência e de sabedoria. Eis algumas sugestões:

· Participe normalmente da vida do lar.

· Seja honesto, sincero, admitindo sua falha quando errar.

· Evite forçar, discutir, pressionar.

· Continue orando e confiando nas promessas de Deus.

· Não desista! Deus é fiel.

5.Evangelize através da literatura evangélica. Naturalmente, você vai querer levar o evangelho ao conhecimento do maior número de pessoas possível. Quando não houver oportunidade de filar com a pessoa, deixe com ela um folheto, e mesmo quando testificar verbalmente, reforce sua palavra com uma mensagem escrita: um livro, um folheto ou uma revista cristã.

6.Convide as pessoas a visitar sua igreja ou grupo de oração. Leve-as a ouvir a Palavra de Deus, sentir o impacto do Espírito Santo e o amor de um grupo de apoio. "De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus." (Romanos 10.17)

15. A Igreja

Um dos grandes privilégios que temos como filhos de Deus é o de pertencer à sua igreja. Todo crente é automaticamente membro da igreja universal de Cristo, e deve também tornar-se membro de uma igreja de sua localidade. Que é que precisamos saber sobre isso?

1. A Igreja é a família de Deus, sendo constituída de milhões de crentes espalhados por todo o mundo. "Sois da família de Deus." (Efésios 2.19.) E ali que podemos nos sentir à vontade, falar de nossas alegrias e tristezas, atender às necessidades uns dos outros, cuidar uns dos outros, e levar nossas cargas mútuas. E maravilhoso fizer parte da família de Deus, e ter essa vivência de comunhão, em amor, com os irmãos em Cristo.

2. A Igreja é o corpo de Cristo. (Efésios 1.23.) Jesus subiu ao céu mas deixou sua Igreja na terra, para sermos testemunhas dele e concluirmos sua obra. E seu anseio que todos os movimentos desse corpo sejam coordenados segundo o plano que ele traçou para cada um de seus membros. "Mas Deus dispôs os membros, colocando cada um deles no corpo, como lhe aprouve." (1 Coríntios 12.18.) "Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas." (Efésios 2.10.) Cada membro tem sua função definida, e todas elas são importantes.

Deus nos criou a todos de forma a podermos realizar cada um a sua parte. Ninguém precisa querer imitar outrem. Ele nos dá talentos pelos quais executaremos com eficiência nossa tarefa, e nos coloca no lugar certo para isso.

3. A Igreja é edifício de Deus. "Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo Cristo Jesus, a pedra angular; no qual todo edifício bem ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor, no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito." (Efésios 2.20-22.) O edifício não é a casa onde as pessoas se reúnem; Jesus disse que "onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles" (Mateus 18.20). Deus se revela através de seu povo.

4. A Igreja é a noiva de Cristo. "Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa sem mácula, nem ruga, nem cousa semelhante, porém santa e sem defeito." (Efésios 5.25-27.) A Igreja não é perfeita, mas Jesus a ama muito e está operando no sentido de aperfeiçoá-la. Assim como uma noiva se conserva pura e se guarda para o seu noivo, assim também a Igreja é constituída daqueles que abandonam outros deuses e se guardam apenas para Deus.

5. A Igreja é o porta-voz de Deus, que proclama
sua mensagem por todo o mundo.
"Para que, pela
igreja, a multiforme sabedoria de Deus se torne conhecida agora dos principados e potestades nos lugares celestiais".
(Efésios 3.10.) Deus colocou a igreja no mundo para que
ela proclamasse salvação aos perdidos e fortalecesse espiritualmente os salvos.

6. A Igreja é o campo de treinamento onde os homens se preparam para o ministério cristão.

"E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e
mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para
o desempenho do seu serviço.., até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo."
(Efésios 4.11-13.) E o lugar certo para aprendermos a servir a Deus da maneira como ele quer.

7. A Igreja é o exército de Deus para atacar as fortalezas de Satanás. "Sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela." (Mateus 16.18.) Jesus concedeu autoridade à Igreja para que ela atue no lugar dele, e em seu nome.

8. O próprio Jesus é o cabeça da Igreja. Ele envia impulsos e mensagens a todos os pontos do corpo. "E pôs todas as cousas debaixo dos seus (de Cristo) pés e, para ser o cabeça sobre todas as causas, o deu à igreja." (Efésios 1.22.)

9. A Igreja se reúne em agrupamentos nas localidades, onde o povo de Deus se ajunta para adorar a Deus, proclamar sua mensagem, para orar, estudar a Palavra, ser vir ao Senhor e manter comunhão uns com os outros. Esses grupos devem ter governo próprio, devem reproduzir- se para si próprios, e se sustentar com seus próprios recursos. Se não o fazem, devem esforçar-se nesse sentido. A Igreja individual pode ou não fazer parte de uma denominação ou associação de igrejas. Todo crente deve ser membro de uma igreja fiel aos ensinamentos da Bíblia e ao objetivo de cumprir o seu papel no reino de Deus. "E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações." (Atos 2.42.)

16. Como se unir a uma Igreja

Cada igreja individual possui sua própria estrutura de organização. De um modo geral, porém, qualquer pessoa que seja realmente convertida e se submeta ao batismo, pode ser membro de uma Igreja. Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado…" (Atos 2.38.) Se você deseja unir-se a uma igreja, converse com o pastor, e ele lhe dirá como deve proceder.

E depois de nos tornar membros… Devemos assistir aos cultos assiduamente. Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor." (Salmo 122.1.) "Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns." (Hebreus 10.25.)

Devemos oferecer nossos serviços. A igreja não é um lugar para se sentar e descansar, mas para servir a Deus, com os talentos que ele nos concedeu.

Devemos contribuir financeiramente para a obra de Deus, por intermédio da igreja. A igreja depende das contribuições dos fiéis para a sua manutenção. Além disso, Deus promete bênçãos espirituais e materiais para aqueles que demonstram seu amor e dedicação por ele, dando contribuições para sua obra.

Se Jesus amou sua Igreja, vamos nós amá-la também, e trabalhar para que se realize todo o plano que Deus tem para ela.

17. Uma palavra final

"Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as cousas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século." (Mateus 28.18-20.)

Para ser um verdadeiro discípulo, você deve fazer outros discípulos. Por que não começar ensinando a uma outra pessoa o que você aprendeu aqui? Que Deus o abençoe.

One thought on “MANUAL DO NOVO CONVERTIDO

  1. Paz amado. Que bom poder conhecer um homem de Deus que ama a sua obra. estou feliz pela apostila de consolidação dos novos convertidos. sou Pr. de uma igreja ainda em formação. solicito autorização para baixar esse material para os novos na fé.

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s