Mensagens subliminares em músicas. Parte II

Mensagens subliminares

em músicas

1. A presença de mensagens subliminares em músicas infantis

Muitas músicas infantis, cantadas para as crianças, contem mensagens subliminares. Precisamos analisar com mais cuidado o conteúdo das músicas infantis, e o que elas ensinam as nossas crianças. Na verdade, muitas letras de músicas infantis podem gerar medo e sentimentos ruins.

Pretendemos expor as letras de várias músicas e as mensagens subliminares que estas comunicam a criança.

Encontrei um artigo, onde o seu autor, que alias é um pastor, analisa o conteúdo de várias destas músicas infantis. Vejamos:

Música 01

Atirei o pau no gato-to-to/ Mas o gato-to-to não morreu-reu-reu

Dona Chica-ca-ca admirou-se-se / Do berrô, do berrô que o gato deu:

Miaaau!

A mensagem subliminar presente nesta música. Para começar, esse clássico do cancioneiro infantil é uma demonstração clara de falta de respeito aos animais (pobre gato)e crueldade (por que atirar o pau no gato, essa criatura tão indefesa?). E para acentuar a gravidade, ainda relata o masoquismo dessa mulher sob a alcunha de "D. Chica". Uma vergonha!

Música 02

Eu sou pobre, pobre, pobre, De marré, marré, marré./ Eu sou pobre, pobre, pobre, De marré de si.

Eu sou rica, rica, rica,/ De marré, marré, marré./ Eu sou rica, rica, rica,

De marré de si.

A mensagem subliminar. Colocar a realidade tão vergonhosa da desigualdade social em versos tão doces faz com que os brasileiros tenham como algo normal essa (não)distribuição de renda vergonhosa que condena muitos à miséria e agracia pouquíssimos com uma riqueza exorbitante.

Música 03

Vem cá, Bitu! vem cá, Bitu !/ Vem cá, meu bem, vem cá !

Não vou lá ! Não vou lá, Não vou lá ! / Tenho medo de apanhar.

A mensagem subliminar presente. Medo! Sim, medo! Por causa desse tipo de canção os brasileiros não sentem que estão tendo sua liberdade destruída pela violência. Os brasileiros convivem com o medo como se fosse algo normal…

Música 04

Marcha soldado, Cabeça de papel !/ Quem não marchar direito, / Vai preso pro quartel.

Mensagem. De novo: ameaça. Autoritarismo e abuso de poder escondidos em versos aparentemente inofensivos…

Música 05

A canoa virou, Foi deixar ela virar, Foi por causa da (nome de pessoa)

Que não soube remar.

Mensagem. Ao invés de incentivar o trabalho de equipe e o apoio mútuo, as crianças brasileiras são ensinadas a apontar o dedo e condenar um semelhante. Colocar a culpa em alguém é tido como mais fácil do que refletir sobre as próprias atitudes… Que vergonha!

Música 06

-"Nana neném que a Cuca vai pegar…mamãe foi pra roça e papai foi trabalhar…" – .

Mensagem. Ou seja dorme nenén que a Cuca-Bruxa-Monstro da floresta vai te pegar e voce está SOZINHO porque mamãe saiu (foi pra roça) e papai foi trabalhar (também não está em casa). Isto lá é coisa que se cante para acalmar um bebê que quer dormir em paz?

Música 07

Samba-lelê está doente, Está com a cabeça quebrada./ Samba-lelê precisava É de dezoito lambadas.

Mensagem. Impiedade! A moça, conhecida como Samba-lelê, encontra-se com a saúde debilitada, necessita de cuidados médicos mas,ao invés de compaixão e apoio, a música diz que ela precisa de dezoito lambadas!

Essa música é claramente uma manipulação organizada pelas grandes indústrias e pelo governo, incutindo a idéia de que a doença é algo errado que deve ser punido nas cabeças das crianças brasileiras. As grandes indústrias garantem que seus futuros empregados não lutem por direitos trabalhistas em caso de doença. A letra da música diz, em outras palavras, que um empregado doente deve aceitar ser demitido por justa causa!

Música 08

Um homem bateu em minha porta, e eu abri: senhoras e senhores ponham mão no chão…

Mensagem à Essa música relata um assalto – incutindo a idéia de violência e roubo nos pequenos infantes!

Música 09

Fui no Tororó Beber água não achei;/ Achei bela morena Que no Tororó deixei.

Mensagem. Percebem o tratamento que é dado à mulher aqui? A mulher é tratada como um pedaço de carne, algo que se usa quando não tem nada melhor para fazer e depois descarta-se imediatamente…

Música 10

"Sete e sete são catorze,/ Com mais sete vinte e um/ Tenho sete namorados/ E não gosto de nenhum…"

Mensagem. Como assim 7 namorados? Eis a origem da licenciosidade e tendência à infidelidade de todos os brasileiros…

Música 11

“… O anel que tu me deste/ Era vidro e se quebrou./ O amor que tu me tinhas/ Era pouco e se acabou..

Mensagem. Se não bastasse o papo dos 7 namorados… como crescer e acreditar no amor e no casamento depois de ouvir essa passagem anos a fio? A letra desta música produz desilusão, quanto a permanência do amor.

Músida 12

O cravo brigou com a rosa/ Debaixo de uma sacada;/ O cravo saiu ferido

E a rosa despedaçada.

O cravo ficou doente,/ A rosa foi visitar;/ O cravo teve um desmaio,/ A rosa pôs-se a chorar.

Mensagem. Desgraça, desgraça, desgraça!!! E ainda incita a violência conjugal (releia a primeira estrofe). C U I D A D O ! O refrão abaixo contém versos muito fortes! Talvez essa seja a mais perigosa música infantil brasileira e ao mesmo tempo, superficialmente, ela é uma das mais inofensivas!

Precisamos conter essa disseminação de idéias negativas e até nas músicas de nossas crianças! E olha que nem precisamos tocar as músicas ao contrário. Nestes casos, as mensagens estão lá, diretas e óbvias! O futuro do Brasil está em suas mãos!

 

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s