Escola Dominical Igreja Betel Geisel. Tema: Lições objetivas extraidas da Natureza. (Para o dia 23 de junho de 2013–Acesse o Site do Pr Josias Moura, são quase 3 milhões de acessos)

Texto da Lição: Jó 12.7-10; 40.15-24; 41.1-34 Texto Básico: Jó 38.1-41; 39.1-30; SI 104; Mt 6.24-34; Rm 1.18-32

 

Lições Objetivas Extraídas da Natureza

Para Decorar: “Que variedade, Senhor, nas tuas obras! todas com sabedoria as fizeste; cheia está a terra das tuas riquezas” (SI 104.24).

INTRODUÇÃO

Você reconhece a mão do Mestre em Sua criação? Jó nem sempre reconheceu que Deus operava nele. O Criador dirigiu a atenção de Jó para as suas obras-primas na terra. O poder e a sabedoria de Deus foram claramente manifestados a Jó. Essas mesmas evidências continuam orientando os homens em direção a Deus.

O salmista reconheceu isto (Salmo 8).

EXPLICAÇÃO DAS LIÇÕES OBJETIVAS (Jó 12.7-10)

Os amigos de Jó tinham hipocritamente exibido seu conhecimento da sabedoria e poder de Deus. Sugeriram que essa mesma sabedoria e poder de­monstravam a culpa e condenação de Jo (Jó 11.5-20). Em lugar de submeter- se à hipocrisia dos amigos, Jó bruscamente lembrou-os de que era perfeita­mente capaz de fazer as mesmas observações relativas ao poder e sabedoria divinos (Jó 12.2-6; 13.1,2). A alegação de Jó era que o conhecimento de seus amigos não era privilegiado, mas que o uso que faziam desse conhecimento era abusivo.

Elifaz, Bildade e Zofar tinham usado seu conhecimento para atacar Jó. Este, pelo contrário, usou o seu para louvar ao Criador (Jó 12.7-10). Jó estabeleceu neste ponto o mesmo princípio que Deus usaria mais tarde para orientar Seu servo sofredor. A criação orienta o homem na direção do poder e sabedoria de Deus. O Criador e Controlador do universo não precisa explicar todas as Suas atividades ao homem mortal.

A criação é a escola do conhecimento, e o homem é o aprendiz. Jó declarou que até mesmo os animais da terra falam em linguagem compreen­sível (SI 19.1-4).

A resposta de Jó aos amigos foi uma ordem enfática: “Mas, pergunta agora às alimárias… Ou fala com a terra…” (w. 7,8). A mesma espécie de ordem foi dada pelo Salvador quando disse: “Observai as aves do céu… Considerai como crescem os lírios do campo” (Mt 6.26,28).

A sala de aula da criação fornece realmente ensinamento. Jó fez uso da palavra “ensinar” duas vezes (Jó 12.7,8). A ênfase estava na orientação ou direção que a criação proporciona. A criação na verdade aponta para o Criador.

A mensagem repetida pelos animais das várias espécies (quadrúpedes — especialmente os domesticados pelo homem, pássaros, peixes — foi “a “a mão do Senhor fez isto” (v. 9). Esta mensagem é alta e clara para todos: “Qual entre todos estes não sabe…?”. A explicação de Jó para esta mensagem é que o conhecimento demonstrado pelos seus amigos podia ser obtido por quem quer que observasse a criação. (Veja Jó 39.1-30.)

A lição obtida através da criação é dupla: 1) Deus é o Criador de todas as coisas; 2) Deus é o Controlador de todas as coisas. O versículo 9 mostra Deus como Criador, e o versículo 10 como Controlador.

O princípio da Vida de todos os seres viventes está na mão do Criador. Deus dá a vida e a tira. Apenas uma outra vez Jó usou a palavra “SENHOR” para referir-se a Deus. Foi quando expressou este mesmo conceito do controle de Deus sobre a vida e a morte (Jó 1.21).

“E o espírito de todo o gênero humano” (Jó 12.10) não parece referir-se à humanidade num sentido global sem personalizar o interesse de Deus. Pelo contrário, esta frase salienta o interesse de Deus no indivíduo. Ele está interessado em você. Sua vida está nas mãos dEle, e Ele se preocupa pessoalmente em que você reconheça o Seu poder e sabedoria.

EXEMPLOS DAS LIÇÕES OBJETIVAS (Jó 40.15-41.34)

O hipopótamo e o crocodilo são duas das criaturas misteriosas da Bíblia. Alguns intérpretes consideram essas criaturas mitológicas ou imaginárias. Mas podemos eliminar esta sugestão, pois ambas aparecem como criaturas familiares a Jó. As duas são apresentadas como um desafio a Jó. Este desafio é uma continuação daquele que Deus lhe fez para que assumisse os atributos e atividades da divindade (Jó 40.6-14). O hipopótamo foi um desafio à sabedoria de Jó e uma clara demonstração da sabedoria de Deus (w. 15-24). O crocodilo foi um desafio ao poder de Jó e uma manifestação do poder de Deus (Jó 41.1-34).

O hipopótamo era um herbívoro (w. 15,20), inofensivo (v. 20), e anfíbio (v. 23). O grande tamanho desta criatura é acompanhado pela grande força de seus lombos, ventre, cauda e ossos (vv. 16-18).

Como uma obra-prima da atividade criadora de Deus no mundo animal (v. 19), o hipopótamo é uma ilustração da sabedoria de Deus. A menos que Jó pudesse afirmar ser o criador do hipopótamo, ele não ousaria aproximar-se desse animal (v. 19).

O hipopótamo é um herbívoro (vv. 15,20), inofensivo (v. 20), e anfíbio árvores e juncos lhe oferecem alimento e abrigo. Este ambiente era encontra­do na Palestina e no Egito. O rio Jordão (v. 23) parece ser um dos lugares em que o hopopótamo se sentia bem.

Os métodos normalmente usados para a captura ou caça de animais menores seriam ineficazes com o hipopótamo (v. 24). É interessante notar que a caça ao hipopótamo era um esporte dos faraós desde as primeiras dinastias do antigo Egito. O hipopótamo era visto como a incorporação de todos os poderes malignos a serem vencidos pelos faraós.

O segundo exemplo ou lição objetiva que Deus escolheu para instruir a Jó foi o crocodilo (Jó 41.1-34). A primeira pergunta que Deus lhe fez foi: você pode apanhar o crocodilo? (w. 1-8). O crocodilo não era a espécie de animal que o povo dos dias de Jó mantinha em casa (vv. 3-5). Nem tampouco era ven­dido comumente no mercado (v. 6). A ferocidade e força do crocodilo iriam mais do que satisfazer qualquer desejo que Jó tivesse de lutar com uma criatura viva (v. 8). De fato, se ele apenas colocasse a mão sobre essa criatura, a idéia da batalha que se seguiria iria impedir que fizesse tal coisa novamente!

A natureza terrível do crocodilo faria qualquer homem parar para pensar antes de caçá-lo (vv. 9,10). A ênfase de Deus, porém, estava na conclusão tirada dessa verdade: quem seria capaz de aproximar-se do Criador de uma criatura como o crocodilo? (v. 10). O Criador do crocodilo nada deve a homem algum (v. 11).

A pele do crocodilo é coberta de escamas como uma couraça, o que a torna impenetrável (vv. 12,13,15-17). Sua face e dentes praticamente não são para ser desafiados, mas temidos (v. 14). O crocodilo e um anfíbio, como o hipopótamo. Quando ele vem à tona, seu corpo é como uma espuma que brilha à luz do sol (w. 18-21). Além das escamas como couraça sobre a maior parte do corpo, o crocodilo tem também uma pele dura, onde outras criaturas são vulneráveis (vv. 22,23). O crocodilo é corajoso; seu coração (ser interior) é tão firme como a pedra do moinho (v. 24). Sua coragem é acompanhada de obstinação e desafio. Todavia, o coração dos homens que o contemplavam não era tão firme (v. 25)!

Nenhuma arma era eficaz contra o crocodilo (vv. 26-29). Sua velocidade e agilidade na água são evidenciadas pelo tamanho de sua esteira (vv.31,32). O crocodilo é verdadeiramente um maravilhoso exemplo do poder do Criador.

EXAMINE A SUA VIDA

Os amigos de Jó usaram seu conhecimento para atacá-lo. Você usa o seu da mesma forma, ou louva a Deus com ele? Deus dá a vida e a tira. Você está procurando ter aquela vida abundante que ele oferece? Procura proteger-se com a couraça da fé? Reconhece o poder criativo de Deus e submete-se a ele?

One thought on “Escola Dominical Igreja Betel Geisel. Tema: Lições objetivas extraidas da Natureza. (Para o dia 23 de junho de 2013–Acesse o Site do Pr Josias Moura, são quase 3 milhões de acessos)

  1. Pingback: NOVOS ESTUDOS PARA A ESCOLA DOMINICAL DA IGREJA DO BETEL GEISEL | Pr Josias Moura de Menezes

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s