ESTUDO PARA ESCOLA BIBLICA DOMINICAL DA IGREJA DO BETEL BRASILEIRO. TEMA: RESTITUINDO A PEROLA DA PACIENCIA

TEMA GERAL DA ESCOLA BIBLICA DOMINICAL DA IGREJA DO BETEL BRASILEIRO GEISEL: RESTITUINDO AS PEROLAS PERDIDAS DA VIDA CRISTÃ

RESTITUINDO A PEROLA

DA PACIENCIA

TEXTO BÁSICO: Isaías 30.1-5,15

Texto áureo: Porque assim diz o Senhor Deus, o Santo de Israel: Em vos converterdes e em sossegardes, está a vossa salvação; na tranquilidade e na confiança, a vossa força, mas não o quisestes (Is 30.15).

INTRODUÇÃO

Pesquisadores de uma universidade em Chicago (EUA) publicaram há algum tempo os resultados de uma pesquisa sobre as consequências da impaciência para a saúde das pessoas.

Pessoas impacientes sofrem mais com problemas de hipertensão e têm mais probabilidades de contrair doenças cardí­acas.

Eles utilizaram algumas perguntas para avaliar se uma pessoa é impaciente: Você se aborrece quando tem de esperar? Você come depressa? Você costuma sentir-se pressionado no fim de um dia normal de trabalho? Costuma sentir-se pressionado pelo tempo?

Aproveite e faça uma autoavaliação. Você é uma pessoa impaciente?

1. AS CONSEQUÊNCIAS DA IMPACIÊNCIA

A Bíblia afirma que a impaciência é uma manifestação de incredulidade e descon­fiança. O profeta Isaías apresenta cinco consequências geradas pela impaciência:

1.1. A impaciência leva-nos a subs­tituir os planos de Deus pelos nossos. (Is 30.1)

Disse Deus: Ai dos filhos rebeldes, diz o Senhor, que executam planos que não procedem de mim (v.1). Israel rejeitou a Deus e o projeto que Ele tinha para a na­ção. Todo o povo rebelou-se contra a von­tade de Deus. Os filhos se rebelaram con­tra o Pai. Eles não ouviram a Deus e exe­cutaram seus próprios projetos. Isto é consequência da incredulidade (SI 81).

Deus trabalha de acordo com os Seus planos. Ele tem planos para cada pessoa, para uma família e para uma nação (Jó 42.2; SI 33.11,12; Lc 19.9,10; 1Pe 2.9,10). E a sua vontade para nós é boa, perfeita e agradável (Rm 12.1,2).

A Bíblia diz que também podemos fa­zer planos, elaborar projetos e desejar re­alizações. O certo, porém, é que tudo deve ser colocado diante de Deus, para a sua aprovação e realização. O coração do homem pode fazer planos, mas a res­posta certa dos lábios vem do Senhor. Confia ao Senhor as tuas obras, e os teus desígnios serão estabelecidos (Pv 16.1 e 3).

1.2. A impaciência nos conduz a fa­zer alianças com pessoas erradas (Is 30.1)

Ai dos filhos rebeldes, diz o Senhor, que executam planos que não procedem de mim e fazem aliança sem a minha apro­vação, para acrescentarem pecado sobre pecado! (v.1). Na afobação, o povo aliou-se aos ímpios e fez acordos com os ini­migos de Deus.

A impaciência também pode nos levar a fazer coisas que Deus não aprova. A amizade do mundo é inimiga de Deus (Tg 4.4). A comunhão ou a sociedade com incrédulos é condenada por Deus (2 Co 6.14-18). Quando desobedecemos a Deus, só acumulamos pecados.

1.3. A impaciência gera frustrações e decepções (Is 30.2,3)

Ai dos filhos rebeldes… Que descem ao Egito sem me consultar, buscando re­fúgio em Faraó e abrigo, à sombra do Egito! Mas o refúgio de Faraó se vos tornará em vergonha, e o abrigo na sombra do Egito, em confusão (v. 1-3).

A incredulidade de Israel o fazia sen­tir-se inseguro e ameaçado. Ao invés de buscar a Deus, eles procuraram refúgio e abrigo nos homens (S1146.1-5).

O povo do Egito durante quatrocentos anos escravizou e maltratou a Israel. O Faraó era um símbolo diabólico do opres­sor. Ele já havia sido derrotado e desmo­ralizado por Deus (Êx 15.1-19). Por isso que Deus afirma que Faraó e o Egito só poderiam oferecer para Israel, vergonha e confusão. O salmista Davi declara: Com efeito, dos que em ti esperam, ninguém será envergonhado; envergonhados serão os que procedem traiçoeiramente (SI 25.3).

1.4. A impaciência produz a rejeição do tempo ou do momento certo de Deus (Is 30.4)

O texto diz: Porque os príncipes de Judá já estão em Zoã, e os seus embai­xadores já chegaram a Hanes (v.4). A in­credulidade ou impaciência de Israel le­vou-o a atitudes precipitadas, inoportunas e apressadas. Os príncipes e embaixa­dores foram correndo para o Egito.

Esquecemos muitas vezes que há tempo para todo propósito na terra. Tudo tem o seu tempo determinado, e há tem­po para todo propósito debaixo do céu (Ec 3.1). Jesus disse que o nosso tempo é sempre o agora, mas o tempo de Deus é o certo e melhor (Jo 7.6). Não seja preci­pitado! Não coloque o carro à frente dos bois.

1.5. A impaciência gera sofrimentos

Todos se envergonharão dum povo que de nada lhes valerá, não servirá nem de ajuda nem de proveito, porém de vergo­nha e opróbrio (v. 5). Toda precipitação de Israel resultaria em sofrimento, decepção e derrota. Deus já havia decretado a der­rota de Israel: Portanto, esta maldade vos será como brecha no muro alto, que, for­mando uma barriga, está prestes a cair, e cuja queda vem de repente, num momen­to. O Senhor o quebrará como se quebra o vaso do oleiro, despedaçando-o sem nada lhe poupar; não se achará entre os seus cacos um que sirva para tomar fogo da lareira ou tirar água da poça (Is 30.13,14).

Precisamos atentar para as conse­quências destrutivas da impaciência ou incredulidade. Devemos considerar o con­selho bíblico: Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado (Pv 19.2).

2. VENCENDO A IMPACIÊNCIA

A impaciência, portanto, é danosa e prejudicial. Ela é uma evidência clara da falta de fé em Deus. O profeta Isaías apre­senta a solução para a impaciência: Por­que assim diz o Senhor Deus, o Santo de Israel: Em vos converterdes e em sossegardes, está a vossa salvação; na tranquilidade e na confiança, a vossa for­ça, mas não o quisestes (Is 30.15). Três lições bíblicas para superarmos a impaci­ência:

2.1. Precisamos de conversão para Deus

A conversão é voltar a mente e o cora­ção para Deus. Ela é imprescindível no começo da vida cristã e indispensável no crescimento espiritual. Deus diz ao seu povo: Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e se con­verter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra (2 Cr 7.14). Quando o apóstolo Pedro estava tomado pelo pecado da soberba, Jesus lhe disse: Tu, pois, quando te converteres, fortale­ce os teus irmãos (Lc 22.32).

2.2. Precisamos sossegar ou tran­quilizar o coração

A conversão a Deus sossega o cora­ção. A fé tranquiliza e nos dá acesso à paz de Deus: Tu, Senhor, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é fir­me; porque ele confia em ti (Is 26.3). E é na tranquilidade que aprendemos quem é Deus, e o seu grande poder. O salmista declara que no contexto de turbulência e agitação, precisamos ficar quietos: Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus (SI 46.10). A nossa força está na tranquilida­de (Is 40.31).

Ore e transfira para Deus toda a sua ansiedade.

2.3. Precisamos confiar nas pro­messas de Deus

As promessas de Deus estão em sua Palavra. Confiar em Deus é acreditar na sua pessoa e naquilo que Ele diz. Aguar­do o Senhor, a minha alma o aguarda; eu espero na sua palavra (SI 130.5). Josué testemunha de maneira maravilhosa: Ne­nhuma promessa falhou de todas as boas palavras que o Senhor falara à casa de Israel; tudo se cumpriu (Js. 21.45). Deus nunca falhou ou descumpriu o que pro­meteu. Ninguém jamais ficou envergonha­do em esperar no Senhor.

CONCLUSÃO

Vivemos dias agitados. Estamos sem­pre sob pressão. Neste contexto, a impa­ciência é considerada uma virtude, por muitos. A medicina e a Bíblia, porém, ad­vertem: a impaciência é prejudicial à sua saúde física, mental e espiritual.

Lembre-se que a paciência nos ajuda a conseguir aquilo que desejamos. Há um provérbio chinês que diz: Com tempo e paciência, a folha da amoreira se trans­forma num vestido de seda.

5 thoughts on “ESTUDO PARA ESCOLA BIBLICA DOMINICAL DA IGREJA DO BETEL BRASILEIRO. TEMA: RESTITUINDO A PEROLA DA PACIENCIA

  1. Deus falou exatamente o que eu queria saber sobre a paciencia
    obrigado Deus que o Senhor Abençoe todo o Ministeiro do pastor Josias

    Curtir

  2. Deus falou poderosamente ao meu coração nesta linda manhã de domingo. Que o Senhor abençoe este ministério cada vez mais, e continue sendo canal de Deus a milhares de pessoas . Obrigada.

    Curtir

  3. Pr. Josias: Que esta campanha seja um grande sucesso não só aí na sua igreja, mas também na internet. O Tema Geral não poderia ser melhor! Este é o tema da hora. Gostei muito do estudo que me veio. Obrigado e que Deus lhe retribua com bêçãos sem medida. Wilson Maia.

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s