Estudo bíblico para culto de doutrina. Tema: VIVENDO PARA SER E FAZER DISCIPULOS. O CAMPO ONDE FAZER DISCÍPULOS

VIVENDO PARA SER E FAZER

DISCIPULOS:

O CAMPO ONDE FAZER DISCÍPULOS

Texto Básico: Mt 28.18-20 Texto Áureo: Mc 16.15 Texto Devocional: Lc 24.46,47

INTRODUÇÃO

Cada cristão, ou membro do Corpo de Cristo, é, em potencial, um discípulo de Jesus Cristo e deve comportar-se como tal. Não há vida cristã sem discipulado. Atender ao chamado do Mestre e segui-lo implica em submeter-se a um processo de discipulado que dura toda a vida cristã. E, a vontade de Deus é que os discípulos se multipliquem, con­quistando outros discípulos para Jesus Cristo. Daí surge a seguinte pergunta: QUAL O CAMPO ONDE FAZER DISCÍ­PULOS? ou: AONDE OS DISCÍPULOS DO SENHOR DE­VEM IR EM BUSCA DE NOVOS DISCÍPULOS?

O não entendimento do lugar onde devemos fazer dis­cípulos poderá levar-nos ao insucesso no cumprimento de nossa missão de discipular. Não basta fazer o que é certo. É preciso fazer o trabalho correto, no lugar certo, com as pes­soas certas.

Jesus falou do semeador que saiu a semear e lançou sua semente à beira do caminho, onde as aves a comeram; em solo rochoso, onde nasceu, mas o sol a queimou; entre espinhos, que a sufocaram; em boa terra, que produziu a cem, a sessenta e a trinta por um (Mt 13.3-8). Se tivesse lançado só em terreno ruim, nada teria obtido. Se o fizesse somente em boa terra, o resultado seria bem melhor. Não podemos saber quem vai aceitar a mensagem que pregamos. Mas, pelo menos, devemos ir aonde Jesus mandou, pregar o que Ele ordenou, do modo como Ele determinou.

I. O CAMPO É O MUNDO

O Senhor Jesus definiu com muita propriedade e clareza qual é o campo onde devemos fazer discípulos. Vejamos algumas significativas expressões que o Senhor usou:

1. "Fazei discípulos de todas as nações" (Mt. 28.19). Aqui vemos "todas as nações" como alvo do amor de Deus.

2. "Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura" (Mc 16.15). Neste texto, Deus quer alcançar cada indivíduo com a sua mensagem de salvação.

3. "E que em seu nome se pregasse… a todas as nações…" (Lc. 24.47). Jesus, depois de ressuscitado, explica as Escrituras aos discí­pulos. Em seguida, fala de sua missão de Salvador e da mensagem a ser anunciada ao mundo.

4. "O campo é o mundo". Jesus explica o significado da parábo­la do joio semeado no meio do trigo: "o campo é o mundo; a boa semente são os filhos do reino; o joio são os filhos do maligno" (Mt. 13.38).

5. "Porque Deus amou ao mundo" (Jo. 3.16). No diálogo com Nicodemos, Jesus fez essa declaração, que dá a razão da providência divina da salvação do pecador. E, porque Deus amou ao mundo inteiro, o campo para o nosso trabalho é o mundo inteiro.

II. DAVI ENTENDEU A VISÃO DE DEUS

Já no Velho Testamento, Deus queria se manifestar a todas as na­ções. O salmista Davi entendeu que Deus não queria ser apenas o Deus de Israel, mas o Deus de todas as nações, de todos os povos. Vejamos dois versículos significativos no Salmo 96 (Que este Salmo é de Davi, sabemos pela leitura de I Cr 16.7-37).

1. "Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos as suas maravilhas" (v. 3). A missão de Israel, como nação, era ser testemunha de Deus para os outros povos.

2. "Dizei entre as nações: Reina o Senhor…" (v. 10). Israel deveria anunciar a todas as nações da terra, que o Senhor é o verdadeiro Rei. O salmista entendeu o plano de Deus e não ficou limitado ao concei­to israelita de exclusivismo, isto é, de que a salvação era só para os descendentes de Abraão. Ele pôde ver os campos do mundo inteiro brancos para a ceifa.

O evangelista T. L. Osborn, autor do excelente livro "Conquistando almas lá fora onde os pecadores estão", enfatiza que o lugar de conquis­tar almas é lá fora, no mundo, onde se encontram os pecadores. Nesse sentido, precisamos aproveitar todas as oportunidades que temos para falar de Jesus.

Uma compreensão clara acerca do campo de atuação da igreja é essencial para a definição da Grande Comissão que o Senhor Jesus nos deixou.

Qual é o seu campo? Sua família? O ambiente de seu trabalho, ou da sua faculdade? Precisamos ser uma benção onde estamos.

III. CONSEQÜÊNCIAS DA FALTA DE ENTENDIMENTO ACERCA DO CAMPO

1. NEGLIGÊNCIA DO IDE. Jesus disse: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura" (Mc 16.15).

2. Troca da GRANDE COMISSÃO pela GRANDE OMIS­SÃO. O termo "Grande Comissão" refere-se à ordem de Jesus aos seus discípulos, de ir a todo o mundo e pregar o evangelho. Quando não cum­primos essa ordem, praticamos uma Grande Omissão.

3. Troca do evangelismo pelo proselitismo. Há igrejas que deixam de evangelizar os pecadores no mundo, para fazer campanha de proselitismo, isto é, tirar pessoas das outras igrejas, o que chamamos "pescar no aquário dos outros". Em algumas igrejas, se um crente de outra igreja entra, logo um "profeta" levanta a voz, dizendo: "Meu servo, o teu lugar é aqui!" E até proferem maldições aos rebeldes, que não aten­derem a tal tipo de apelo.

4. Troca da evangelização dos carentes pela saturação dos crentes. A igreja que só evangeliza dentro de suas quatro paredes limita o seu crescimento. T. L. Osborn disse, acertadamente, que: "a metragem quadrada mais evangelizada da terra é o local onde está situa­da uma igreja evangélica".

Na realidade, há igrejas onde o evangelho é pregado para os crentes em todos os cultos. É igualmente importante pregar o evangelho lá fora, aos não crentes; e nos cultos principais realizados no templo enfatizar uma pregação que tem como objetivo anunciar a salvação e gerar a edificação dos crentes, para que cresçam e frutifiquem.

CONCLUSÃO

A desobediência ou negligência aos ensinamentos do Senhor Je­sus Cristo tem trazido sérias conseqüências para o cristianismo. Mas ain­da há tempo para erguermos nossos olhos para os campos, que estão brancos para ceifa (Jo 4.35). O trigo nunca esteve tão maduro para a ceifa como nos dias de hoje. O campo começa em nosso bairro, na casa do vizinho, esten­de-se para o outro bairro, alcança a cidade vizinha e vai até aos confins da terra (At 1.8).

PERGUNTAS DA LIÇÃO

1. Qual o campo onde devemos fazer discípulos?

2. Em que Salmo o seu autor mostra entendimento desta verdade?

3. Você acha correto uma igreja evangelizar somente dentro das próprias instalações, evangelizando os evangelizados e aqueles que a vi­sitam?

4. Se a sua resposta à pergunta anterior for NÁO, você está dispos­to a cooperar com a Grande Comissão, saindo em busca dos pecadores?

5. Quais as consequências da falta de entendimento acerca do cam­po onde fazer discípulos?

One thought on “Estudo bíblico para culto de doutrina. Tema: VIVENDO PARA SER E FAZER DISCIPULOS. O CAMPO ONDE FAZER DISCÍPULOS

  1. gostei muito do trabalho sou pastor a 30 anos gosto muito de compastilhar da inspiração do Espirito Santo para que sejamos um no Senhor. o meu Email é pr,muniz2012@hotmail.com

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s