Estudo Bíblico da Escola dominical da Igreja Betel Geisel. Tema: A TV e sua influência nas famílias.

A TV e sua influência nas famílias

Salmo 101; Dt 7:26

"Desvia os meus olhos de contemplarem a vaidade." SI 119: 37

O impacto da TV nas famílias e no desenvolvimento das crianças tem sido tema de inúmeros estudos entre psicólogos e estudiosos do comportamento humano. Sentimo-nos, também, na obrigação de examinar o as­sunto. Com o rápido crescimento deste gigante da diver­são e entretenimento, e com o aumento da propaganda, cremos que é hora de encarar o assunto de frente.

I – INFLUÊNCIA DA TV NOS LARES

Seria apropriado nos lembrarmos de uma pergunta que fez o profeta Isaías ao rei Ezequias: "Que viram em tua casa?", 2Rs 20: 15. A TV, este moderno meio de comunicação, trouxe ao lar uma variedade de cenas e imagens como alimento cotidiano para seus habitantes. Será para a glória de Deus? Aumentará nossa ocupação com as coisas celestiais? Ou será algo mais para desviar nossa atenção do Único que é digno de nossa ocupação principal?

a) Ameaça na vida dos pais. Devido aos bombar­deios de informações que recebem por meio da televisão, os pais estão por dentro dos problemas do mundo inteiro, exceto dos problemas escolares, ou da crise da adolescên­cia dos filhos. As mães estão mais bem informadas das ce­nas da novela e das tramas amorosas dos seus artistas, que das dificuldades que os filhos estão enfrentando.

Os membros da família estão separados. O contraste dessa influência destrutiva pode ser visto no vale de Man-re. Lá Abraão, o "amigo de Deus." vivia em separação de Sodoma e lá desfrutava de comunhão com Ele. Acaso não teria sido ele também corrompido se as palavras e os atos dos pecadores de Sodoma tivessem sido televisionados para sua tenda? Se assim fosse, poderia ele estar em uma condição decente para receber o Senhor como hóspede? Gn 18: 1

b) Ameaça na vida dos adolescentes e jovens. A juventude se entregou à TV como forma de diversão. E a que programas assistem? Loucuras, crimes, corrupção moral e muitas outras coisas. Tudo isso está agora sendo difundido nos lares, pela televisão. Há degradação moral no mundo, à semelhança dos dias de Noé e de Ló, Lc 17: 26-30.

Programas de televisão e filmes pornográficos produzem nos jovens uma erotização tal que aos 13 ou 14 anos, são despertados para a prática do sexo. Isso gera gravide­z precoce. A televisão apresenta programas especiais sobre sexo, ensinando a livre prática sexual, incentivando o uso de preservativos. Não se fala em abstinência. Essa é a voz do mundo depravado, lTs 4: 3-5; ICo 6: 9.

c) Ameaça na vida das crianças. As crianças pas­sam uma parte do dia na frente da televisão. A conseqüên­cia deste vício televisivo só será percebido no futuro. "Mi­lhões de crianças no Brasil passam, em média, quatro ho­ras diárias diante de um aparelho de tevê. Tempo equiva­lente ao que passa na escola. Este fato, por si só, deve constituir preocupação para adultos em geral". (Ana Lú­cia M. de Resende, A tevê e a criança que te vê, Cortez,)

Os transtornos infantis mais freqüentemente relacionados à televisão são: problemas de sono, perda da con­centração, ansiedade, obesidade, reações violentas, medo, agressividade, devido a imitação das cenas que aparecem na televisão.

II – DESENHOS ANIMADOS E VIDEOGAMES

1. Os desenhos animados nunca foram tão violen­tos e sanguinários. Aparentemente inofensivos, provo­cam danos nas mentes dos pequeninos

a) Um desenho chamado "Dragon Ball-Z" exibe cenas extremamente violentas, e um dos personagens principais é chamado de "Mister Satan" que significa "Senhor Satanás". Em vários episódios, ouve-se o coro das crianças in­vocando e adorando o nome do "Mister Satan". Os perso­nagens estão nos cadernos e nas mochilas.

b) Outro é o famoso "Bob esponja", um desenho bem simpático e divertido, que aparentemente não oferece nenhum mal. Em um dos episódios, Bob Esponja ca­sou-se com um personagem chamado Patrick. Depois de casados, adotaram uma água marinha como filha, numa explícita cena de apologia ao homossexualismo. Pv 22: 6

Walt Disney, o grande precursor de mensagens subli­minares em desenhos animados, é famoso pelo sucesso que faz com as crianças. Há mensagens satânicas desco­bertas em seus lançamentos, aparentemente inofensivos.

2. Os videogames podem ser uma arma perigosíssima. Há inúmeros relatos de distúrbios de comportamen­to associados aos videogames. Sabe-se de uma criança que, seguindo as ordens que lhe eram dadas, ateou fogo ao corpo. Outro caso é o de Eric Harris (18 anos) e Dylan Klebol (17 anos), que mataram 12 colegas e um professor na Columbine High School, no Colorado (EUA). Eram vi­ciados no jogo "’Doom".

III – DEVEMOS REMIR O NOSSO TEMPO

Os cristãos devem ensinar aos seus filhos os caminhos do Senhor e trabalhar para que as crianças cresçam ouvin­do, aprendendo e amando a Palavra de Deus. É a própria Palavra nos adverte quanto a isso: Dt 6: 5-7. Todo o esfor­ço e empenho devem ser para aproximar os filhos de Deus e afastá-los deste pernicioso vício que é a TV.

Arruma-se tempo para passear, jogar videogame. as­sistir TV , fazer pescarias, mas quase não se vê pessoas gastando tempo com Deus.

Às vezes, perdemos coisas como dinheiro, comida, roupas, o que poderá nos causar prejuízos futuros. Não podemos nos esquecer, também, do nosso tempo, que é preciosíssimo quando gasto com Deus. pois poderá fazer diferença, na eternidade.

Precisamos gastar tempo com Deus, lendo a Bíblia, Ef 5: 16.

a) De quem é a culpa? Alguns pais têm culpado o pastor ou até mesmo a igreja pela degradação espiritual ou moral de seus filhos. Mas o lar é a primeira e a mais im­portante escola da criança, os pais são os primeiros pro­fessores. Infelizmente, em muitos lares cristãos o grande professor tem sido a televisão.

b) Atitude do cristão. A televisão tornou-se um ins­trumento usado para incentivar o adultério, a fornicação, a bebedice, a violência, o ódio e a cobiça. A atitude do cris­tão deve ser de pureza e santidade, Ef 5: 7, 11-12. Estude todo o contexto de Ef 5: 3-17 e Fp 4: 8. Em nossa socie­dade, é impossível evitar ver e ouvir uma considerável por­ção de imundície moral.

Não é a televisão a obra-prima de engano utilizada por Satanás? Ela combina todos os requisitos necessários — "a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida", Uo 2: 16. Que Deus nos dê as balan­ças do santuário para que possamos avaliar corretamente as coisas com as quais nos deparamos nos últimos dias. Necessitamos de olhos ungidos para discernir as coisas excelentes e rejeitar as demais.

2 thoughts on “Estudo Bíblico da Escola dominical da Igreja Betel Geisel. Tema: A TV e sua influência nas famílias.

  1. MUITO BOM PASTOR.TENHO GUARDADO TODOS OS ESTUDOS QUE O SR. TEM ME ENVIADO.SOU EDUCADORA CRISTÃ E ELES TEM ME AJUDADO MUITO.QUE DEUS LHE ABENÇOE!

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s