Estudo Bíblico para o culto de doutrina da Igreja Betel Brasileiro Geisel. Tema: A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

Estudo ministrado pelo Pr Josias Moura no culto de doutrina da Igreja Betel Brasileiro Geisel

A Segunda Vinda de Cristo

Mateus 24:30 Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória.

 

1. Introdução

A história da igreja tem presenciado muitos debates – com frequência exaltados – sobre questões acerca do futuro. Hoje estudaremos alguns dos aspectos da segunda vinda de Cristo sobre os quais concordam todos os evangélicos.

No Novo Testamento há um grande destaque neste tema. Jesus mesmo, em diferentes ocasiões, disse que voltaria. Nas Epístolas do apóstolo Paulo este tema é também discutido. João nos mostra que a esperança de uma segunda vinda de Cristo é uma crença presente também na literatura apocalíptica: “Amém! Vem, Senhor Jesus!” (Ap 22.20).

O verdadeiro cristianismo nos treina a viver “…no presente século, sensata, justa e piedosamente, aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus…” (Tt 2.12-13). Paulo diz: “Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo” (Fp 3.20). De modo semelhante, o termo “maranata” em l Coríntios 16.22 significa “vem, nosso Senhor”.

Será que os cristãos de fato aguardam ansiosamente a volta de Cristo? Quanto mais os cristãos se virem enredados nas coisas desta vida e mais negligenciarem a comunhão cristã genuína e seu relacionamento pessoal com Cristo, tanto menos ansiarão por sua volta. Por outro lado, muitos cristãos que enfrentam sofrimentos e perseguições, ou os mais idosos e enfermos, e aqueles que andam diariamente com Cristo de maneira viva e profunda, terão um anseio mais intenso por sua volta. De certa forma, portanto, o quanto realmente aguardamos a volta de Cristo mede a condição espiritual de nossa vida no momento. Isso também mede, de certa forma, até que ponto vemos o mundo como realmente é, conforme Deus o vê: escravizado ao pecado e em rebeldia contra Deus, subordinado ao poder do maligno (I Jo. 5.19).

A nossa convicção da volta de Cristo não anula a nossa responsabilidade com nossas obrigações na família, ou com os estudos e a profissão etc… Imagine se soubéssemos a hora exata em que Jesus viria. Muitos poderiam deixar de lado obrigações. É exatamente por isso que Jesus não nos permite saber a verdadeira hora de sua volta: Ele quer que estejamos ligados a ele, em obediência, não importa o ritmo de nossa vida, até o momento de sua volta. Na ocasião da sua vinda, Jesus dirá: “Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor” (Mt. 25.21).

 

2. Não sabemos quando Jesus voltará, porem devemos viver vigilantes

Atente para o que diz Jesus: “À hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá” (Mt 24.44). “Mas a respeito daquele dia ou da hora ninguém sabe; nem os anjos no céu, nem o Filho, senão o Pai. Estai de sobreaviso, vigiai e orai; porque não sabeis quando será o tempo” (Mc 13.32-33). “Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor. Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa. Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá (Mt 24.42-44; cf. v. 36-39). “Virá o senhor daquele servo em dia em que não o espera e em hora que não sabe” (Mt. 24.50).

Apesar de Jesus não revelar quando sua vinda ocorrerá, Ele nos revela em que situação ocorrerá. Será em um momento que os homens estarão descuidados com o seu relacionamento com Deus: “…porque a hora em que não cuideis, o filho do Homem virá”. A vinda de Cristo ocorrerá em tempos de frieza espiritual. Ele declarou a respeito desta época: “E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos.” Mateus 24:12.

A vinda de Cristo ocorrerá numa ocasião semelhante aos dias de Noé. Noé anunciava um evangelho de juízo e arrependimento para uma geração que não fazia caso de sua mensagem. As prioridades das pessoas daquela época as impediam de ouvir a palavra anunciava. E no momento em que não cuidavam veio o dilúvio e destruiu a todos. (Mateus 24:37-39)

 

3. Como será a segunda vinda

a) Será pessoal e física, At 1: 11. O Novo Testamento ensina que Jesus retornará, em seu corpo de glória, At 3: 20, 21; Hb 9: 28; Ap 1: 7. Não se trata de uma presença espiritual. Paulo afirma em lTs 4: 16: “O mesmo Senhor descerá…”

b) Será visível, Mt 24: 29-31. Veja também Mt. 26: 64; Mc 13: 26; Lc 21: 27; At 1: 11; Cl 3: 4; Tt 2: 13; Hb. 9: 28; Ap 1: 7. Duas correntes de interpretação tem sido adotadas aqui:

  • Para os pré-tribulacionistas, a segunda vinda de Cristo acontecerá em duas etapas. Na primeira, que é a do arrebatamento, os ímpios não o verão. Os salvos que já morreram serão ressuscitados e os vivos serão transformados e arrebatados para as bodas do Cordeiro. O anticristo fará um acordo de paz com Israel e, imediatamente, iniciar-se-á o período de sete anos de tribulação. A Igreja não mais estará aqui. Após os sete anos de tribulação, Jesus Cristo retorna em glória, prende Satanás por mil anos (Ap 20: 3) e estabelece o governo milenar.
  • Em outra linha de interpretação, os pós-tribulacionistas acreditam que a volta do Senhor não será em duas fases. A Igreja passará pela tribulação. Ao fim do período da tribulação, cumpre-se o que Jesus disse em Mt 24: 29-31.

c) Será repentina. Jesus ensinou que certos sinais precederão sua segunda vinda. Contudo, ela será inesperada e tomará muitas pessoas de surpresa, Mt 24: 29, 37-44; 25: 1-12; Mc 13: 33-37; Lc 17: 26-30; 1Ts5: 2, 3; Ap 3: 3; 16: 15.

d) Será gloriosa e triunfante. Ele voltará em seu corpo glorificado, com trajes reais, Hb 9: 28. Virá sobre as nuvens, Mt 24: 30, com os anjos, arcanjos e os santos de Deus, 2Ts 1: 7; lTs 4:16; lTs 3: 13. Virá como rei dos Reis e Senhor dos senhores, ICo 15: 25; Ap 19: 11-16.

 

4. Conclusão

Desejamos terminar o estudo desta ocasião, lembrando a cada crente, que Jesus nos adverte para que vivamos como as cinco virgens prudentes, que souberam esperar o noivo, preparando as suas lâmpadas com o azeite. Mt. 25:1ss.

Elas esperaram o noivo, sem saber a que hora exatamente ele viria. Mais tarde numa hora inoportuna, ele chega. As virgens que estavam com suas lâmpadas preparadas puderam participar do banquete oferecido pelo noivo. As outras que agiram imprudentemente, ficaram de fora.

Vivamos sempre como se Jesus fosse voltar a qualquer momento. Se assim vivermos a frieza e indiferença a Deus não fará parte da nossa vida. Seremos a cada dia renovamos.

Na próxima semana, estudaremos sobre a GRANDE TRIBULAÇÃO. Não falte.

Pr. Josias Moura

Todos estes estudos podem ser encontrados no site: www.josiasmoura.com

One thought on “Estudo Bíblico para o culto de doutrina da Igreja Betel Brasileiro Geisel. Tema: A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

  1. A paz do Senhor Jesus Cristo, meu amado irmão Pr. Josias Moura de Menezes!
    gostei muito dos estudos bíblicos, os quais tem sido para mim uma bênção. Que, Deus continue te abençoando a cada dia, usando-lhe como um verdadeiro instrumento de Deus aqui na Terra.

    Atenciosamente,

    Presbítero João Coelho.
    Presidente Dutra – Bahia, 12/08/2011, às 10h55min.

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s