Estudo para o culto de doutrina da Igreja Betel Brasileiro Geisel. Tema: Jó, Perseverança nas tribulações

Jó: Perseverança nas tribulações

O Senhor o deu e o Senhor o tomou; bendito seja o nome do Senhor", Jó 1: 21

Texto base: Jó 1:1-21

INTRODUÇÃO

Ninguém melhor do que Jó tem autoridade para ensinar sobre provações, lutas e dificuldades. Mesmo depois de perder tudo o que possuía, e de viver dias de muito sofri­mento, Jó não negou sua fé em Deus.

Na provação, encontrou forças para glorificar ao Senhor, dizendo: "… bendito seja o nome do Senhor". Sua história é uma lição de ânimo para aquele que pensa que nada mais dá certo e que tudo está perdido.

Os ensinos bíblicos vão mostrar que o sofrimento e as provações fazem parte da vida cristã e que, por muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus, At 14: 22. As provações serão o assunto desta lição.

I – DESTRUIÇÃO REPENTINA, Jó 1: 15

Quem não está sujeito aos dissabores desta vida? Eles acontecem quando menos se espera. Jó era um homem íntegro, reto, temente a Deus e muito rico, w. 1-3. A julgar pelas suas virtudes espirituais, ninguém diria que ele merecia tanto sofrimento. Nem de longe ele poderia imaginar que iria passar por tamanha dor. No entanto, Jó aceitou tudo como conseqüência da vontade permissiva de Deus.

a) A ousadia de Satanás, Jó 1: 9, 10. Jó era um homem de vida reta. Isso não agrada a Satanás. Ele argumenta com Deus que Jó era fiel somente porque possuía bens materiais, mas no dia em que Deus tirasse dele toda riqueza, com certeza abandonaria os caminhos do Senhor. Satanás é o acusador dos filhos de Deus, Ap 12: 10. Ele procura falhas em nossas vidas para poder denunciar-nos;

b) A vontade permissiva de Deus, Jó 1: 11-12. Deus permitiu a Santanás destruir os bens e a família de Jó, mas fixou os limites de sua ação. Autorizado por Deus, ele lançou tempestades e levantou pessoas violentas contra o servo de Deus, w. 13-19. Mais tarde, Deus permitiu que Satanás infligisse mais sofrimento a Jó, ferindo-o com uma chaga maligna, 2:1. Nenhuma provação atinge o homem de Deus sem a permissão do Senhor, Jó 1: 20; 42: 2 e I Co 10: 13. Em qualquer circunstância, o cristão deve procurar permanecer inabalável, I Co 15: 58.

II – PERSEVERANÇA NAS PROVAÇÕES, At 14: 22

Não foi fácil para Jó triunfar em meio às provações. Além de perder todos os bens, e de não ter o apoio de sua esposa, três de seus amigos que vieram para consolá-lo acreditavam que ele houvera cometido algum tipo de pecado e que seria necessário fazer confissão da iniqüidade, Jó 3: 1 e 42: 7. A luta era tão grande que até as crianças fugiam de Jó. Sentia-se como se Deus o houvesse abandonado, cap. 3. Mas, apesar de tudo, permaneceu fiel ao Senhor.

a) Tributação produz perseverança, Rm 5: 3, 4. Nos momentos de dificuldade é que o homem de Deus deve demonstrar sua perseverança. Um exemplo bem claro está na parábola do juiz iníquo, em Lucas 18: 1-8. Nela Jesus ensina sobre o dever de orar sempre, sem jamais esmorecer.

b) O objetivo da provação, Tg 1: 2-4. As lutas que sobrevêm ao crente são o meio que Deus usa para aperfei­çoar seu caráter e comportamento. Abraão passou por um duro teste. Deus colocou em prova a sua confiança, Gn 22: 1. Mas foi aprovado. José foi testado em sua fidelidade. Mas foi aprovado. E outros tantos foram testados e aprovados. Quando o crente enfrenta com vitória uma prova permitida por Deus, ele se autoconhece mais e passa a amar mais ao Senhor.

Geralmente questionamos com Deus o motivo das lutas e provações que enfrentamos. Há uma tendência humana de querer questionar a justiça de Deus. Talvez fosse mais edificante para a própria alma perguntar não o porquê, mas o para quê. Há sempre uma finalidade maior atrás da dor ou da dificuldade enfrentada, Rm 8: 28. Vale a pena suportar as provações e esperar em Deus, I Pe 4: 13.

III – RECEBENDO TUDO EM DOBRO

Jó, repentinamente, perdeu tudo que possuía. Mas, depois de tanto sofrimento, o Senhor concedeu-lhe em dobro todos os seus bens, 42: 10. A restituição de suas riquezas revela o propósito de Deus para com todos os crentes fiéis. Deus nunca permite que o crente sofra sem um propósito espiritual, ainda que desconheça o motivo de sua provação. Depois de tudo que lhe acontecera, Jó viveu 140 anos e morreu farto de dias, Jó 42: 16, 17.

a) A fidelidade, 1: 22. Não é fácil manter-se fiel quando as coisas não acontecem como a gente deseja. O homem gosta de atribuir a Deus a culpa de tudo. Jó ora, dizendo: "Por isso me abomino e me arrependo no pó e na cinza", 42: 6. Ele reconhece que é inadmissível ao homem, finito que é, reclamar e queixar-se de Deus;

b) Presos pela esperança, Zc 9: 12. O profeta Zacarias traz mensagem de esperança ao povo judeu. A palavra do Senhor é de que todos seriam recompensados em dobro, tendo em vista o sofrimento suportado. Jó estava preso pela esperança quando disse: "Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra", 19: 25. Quantos que estão presos pelo medo, desespero, angústia, pavor, insegurança, etc, ao invés de estarem presos pela esperança, Cl 1: 27.

CONCLUSÃO

O estudo do livro de Jó levanta a questão do sofrimento, embora não ofereça uma explicação final para o problema. Nem Jesus prometeu livrar-nos das aflições: "No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo", Jo 16: 33. Paulo, que também passou por muito sofrimento, diz que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, Rm 8: 28. Na vida do cristão não há coincidência, mas sim realização dos planos de Deus.

Uma das mais bonitas afirmações de Jó está em 19: 25. Ali Jó declara: “Meu Redentor Vive”. Ele declara sua fé no Redentor, sem permitir que o seu sofrimento abale sua confiança. Jó não estava vendo o presente, mas, pela fé, via sua salvação.

Na próxima semana prosseguiremos estudando o tema: “Estevão, perseguição é a coroa de glória do Cristão”. Não perca.

Pr Josias Moura

One thought on “Estudo para o culto de doutrina da Igreja Betel Brasileiro Geisel. Tema: Jó, Perseverança nas tribulações

  1. Estas Mensagens sao uma bençao!!!
    Gloria a Deus!
    tem edificado e me ajudado de maneira inexplicavel…
    E de Deus mesmo!
    Deus o abençoe mais e mais Pastor!
    A paz do Senhor!!!!

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s