SERMÃO BASEADO NA PARÁBOLA DO SEMEADOR. TEMA: Quatro tipos de experiencias e modelos de fé em Deus

Ministrado pelo Pr Josias Moura

Mateus13:3-8,18-23

1. Introdução

Certo dia, os discípulos pediram sinais a Jesus acerca de quando se daria a sua vinda. Um dos sinais importantes da vinda de Cristo pode ser encontrado em Mateus 24: 12: “O amor de quase todos esfriará.”  Poderíamos até dizer do seguinte modo: “A fé de quase todos esfriará.”

O que temos constatado em muitas Igrejas e em muitos cristãos é que muitos estão de fato frios espiritualmente para com as coisas de Deus. Em Londres existem Igrejas protestantes e católicas antiguíssimas, que constituem um importante patrimônio do país, localizadas nos corações dos mais importantes centros financeiros encontram-se vazias. Líderes religiosos estão procurando vender estes patrimônios.

Esta é uma situação que cumpre a palavra dita por Jesus aos discípulos: “O amor de quase todos esfriará”.

Aqui na parábola do bom semeador. Vemos Jesus como o semeador. A semente é a sua mensagem ou seu evangelho. As sementes lançadas pelo semeador caem em quatro tipos de solos diferentes, que representam quatro tipos de experiências com Deus, quatro tipos de fé.

2. Tema

3. Que tipos de fé uma pessoa pode ter:

3.1 A fé incostante v.3,4,19

v. 3,4 “Eis que o semeador saiu a semear. E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho, e, vindo as aves, a comeram.”

v.19  A todos os que ouvem a palavra do reino e não a compreendem, vem o maligno e arrebata o que lhes foi semeado no coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho.

A semente que caiu a beira do caminho, é logo comida pelas aves. Ela não cresce, não germina. Jesus compara esta situação a do homem que ouve a palavra de Deus, porém não consegue vive-la. Então o maligno vem e tira a fé que está no íntimo dessa pessoa.

Vamos chamar considerar a situação da semente que cai a beira do caminho como a fé inconstante. A fé inconstante abandona o homem nas horas mais importantes.

Até alguns dos discípulos de Jesus foram inconstantes. Quando Jesus foi preso no Getsêmani a Bíblia em Mateus 25:56 que muitos discípulos abandonaram Jesus fugindo. Dias antes Pedro estava na Mesa com Jesus tomando a Santa Ceia e Jesus disse a Pedro: “Olha Pedro, antes que o galo cante tu me negarás por três vezes” . Pedro respondeu em Mt. 26:35: “Ainda que me seja necessário morrer contigo, de modo nenhum te negarei”. Constatamos porém que Pedro negou Jesus momentos depois, a fé de Pedro foi atingida pela inconstância

Precisamos lembrar ainda que  a fé inconstante é também aquela que é enganada por ventos de doutrina Paulo diz em Efésios 4:14: “…para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro.”

A fé inconstante é o elemento que faz com que um cristão fique de uma dia para outro desanimado com a sua  Igreja e com o próprio Deus, ou que comece um trabalho e não termine.

O apóstolo Tiago diz sobre a inconstância no capitulo 1:8,9: “Não suponha esse homem que alcançará do Senhor alguma coisa; homem de ânimo dobre, inconstante em todos os seus caminhos.”

3.2 A fé superficial v.5,6,20,21

v. 5,6 Outra parte caiu em solo rochoso, onde a terra era pouca, e logo nasceu, visto não ser profunda a terra.   Saindo, porém, o sol, a queimou; e, porque não tinha raiz, secou-se.

v. 20,  21  O que foi semeado em solo rochoso, esse é o que ouve a palavra e a recebe logo, com alegria; mas não tem raiz em si mesmo, sendo, antes, de pouca duração; em lhe chegando a angústia ou a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza.

A semente lançada sobre solo rochoso não se aprofunda, as suas raízes não penetram na terra. Se ela crescer um vento forte pode destruí-la ou derruba-la, pois as raízes são superficiais. Esta é a situação da pessoa que ouve a palavra de Deus e empolgada começa a freqüentar uma Igreja. Caso este cristão não tenha a preocupação de aprofundar o seu conhecimento de Deus estudando a palavra, indo a uma escola dominical desenvolverá uma fé superficial. Diante de uma crise difícil este cristão começará a ter crises espirituais, duvidará de Deus, e provavelmente poderá se afastar da comunhão com o corpo.

A fé superficial é a fé impulsionada pelas emoções. Sabemos que nossas emoções podem nos iludir. A NOSSA FÉ NÃO DEVE SER DIRIGIDA POR IMPULSOS EMOCIONAIS, E SIM POR CONVIÇÕES.  É preocupante a situação de cristãos que vivem a procura de profetas, ou de experiências que atinjam apenas suas emoções. UMA VERDADEIRA EXPERIÊNCIA COM DEUS DEVE ATINGIR AS NOSSAS CONVICÇÕES.

ILUSTRAÇÃO: Um certo médico, plantava muitas árvores em seu quintal. O que mais chamava a atenção, entretanto, era o fato de que ele quase não regava as mudas que plantava. Por esse motivo as árvores estavam demorando para crescer.

Certo dia, um homem lhe perguntou se ele não temia que as pequenas árvores morressem ou ficassem sem crescer. Foi quando, com um ar orgulhoso, ele descreveu sua fantástica teoria:

Disse que, se regasse suas plantas, as raízes se acomodariam na superfície e ficariam sempre esperando pela água mais fácil, vinda de cima. Como ele não as regava, as árvores demorariam mais para crescer, mas suas raízes tenderiam a migrar para o fundo, em busca da água e das várias fontes nutrientes encontradas nas camadas mais inferiores do solo. Assim, segundo ele, as árvores teriam raízes profundas e seriam mais resistentes às intempéries.

Vários anos depois, vieram dias de ventos muito fortes e gelados. As árvores da rua estavam com aspecto de vegetação morta. Entretanto, no quintal do médico, as árvores estavam sólidas: praticamente não se moviam, resistindo implacavelmente àquela ventania toda.

Se aquelas árvores tivessem tido facilidade para obter água e nutrientes então não teriam resistido a tempestade e ventos fortes e gelados. As dificuldades pelas quais passaram para obter água, lhes transformou em árvores fortes e resistentes, capazes de enfrentar os períodos difíceis.

MORAL: Talvez você questiona a sua vida e diz: Puxa, minha vida sempre foi e é difícil. Talvez Deus esteja trabalhando dessa forma em você, para que sua fé atinja níveis mais profundos.

3.3 A fé secular v. 7,22

Mateus 13:7  Outra caiu entre os espinhos, e os espinhos cresceram e a sufocaram.

Mateus 13:22  O que foi semeado entre os espinhos é o que ouve a palavra, porém os cuidados do mundo e a fascinação das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera.

A semente cresce, porém mais tarde é sufocada. Jesus diz que está situação assemelha-se a daquela pessoa que escuta a palavra de Deus, porém o seu comprometimento com o mundo,  com o materialismo, com secularismo faz com que a fé seja sufocada.

A fé secular é aquela fé contaminada, manchada pelos compromissos que o indivíduo ainda mantém com o mundo. A fé secular é uma fé mundana.

Pessoas que tem a fé secular vivem dentro da Igreja de uma forma e fora da Igreja de outra. Pessoas com a fé secular acreditam mais no dinheiro, nas coisas material do que na atuação do poder sobrenatural de Deus. Pessoas com a secular dizem que os milagres, que a ação do Espírito são coisas do passado, pois tais pessoas acreditam mais na tecnologia, no conhecimento ciêntífico, do que na atuação sobrenatural de Deus sobre o homem.

A fé secular faz as pessoas colocarem questões profissionais e materiais acima do dever que estas devem ter para com Deus e com a Igreja. A fé secular produz no ser humano uma atração pelas riquezas e pelo poder. A fé secular gera pessoas que nunca estão satisfeitas com aquilo que têem.

A FÉ SECULAR FAZ COM QUE O HOMEM AME MAIS AO MUNDO QUE A DEUS. PORTANTO, A FÉ SECULARIZADA E COMPROMIDA COM O MUNDO AFASTA O HOMEM DE DEUS.

Em 1 João 2:15, o apostolo diz: “Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele;”

Em Mateus 19: 21 Jesus testa um jovem rico que desejava ser seu discípulo: “Se queres ser perfeito vai vende tudo que tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu. Então vem e segue-me”.  A Bíblia diz no v.22 que “….o jovem ouvindo está palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades”. A fé secular deste jovem o fez desistir de Deus. A fé secular nos afasta de Deus.

3.4 A fé salvadora v.8,23

Mateus 13:8  Outra, enfim, caiu em boa terra e deu fruto: a cem, a sessenta e a trinta por um.

Mateus 13:23  Mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve a palavra e a compreende; este frutifica e produz a cem, a sessenta e a trinta por um.

A última semente é aquela que cai na boa terra. Esta semente cresce e produz frutos. A semente da boa terra representa a pessoa que tem a fé salvadora.

Pessoas que escutam a palavra, e entendem e desejam viver a vida cristã conforme Jesus ensina, sem terem quaisquer reservas, são pessoas que tem a fé salvadora.

A fé salvadora cai na boa terra, isto é, no coração que está aberto e sensível a voz de Deus. A fé salvadora transforma e liberta o homem do pecado.

A fé salvadora é aquela que faz Zaqueu descer de uma árvore e abrir sua casa para Cristo entrar. É aquele que faz um cego gritar pelas ruas de Jericó: Jesus filho de David, tem misericórdia de mim. É aquele que faz uma mulher com hemorragia desejar tocar em Jesus para ser curada.

Um certo rapaz pegava o seu carro e todos os dias o estaciona em frente a um bar, onde bebia até se embriagar. Certo dia aquele rapaz não veio ao bar. O dono bar no outro dia lhe perguntou preocupado: “Amigo, onde está você. Não tem aparecido mais em meu bar”.  O rapaz respondeu: “Olha colega, é que eu estava passando pela porta de uma igreja e um rapaz dizia que Jesus tem poder para me salvar. Eu resolvi entregar minha vida a Cristo, e agora meu carro só estaciona em frente da Igreja, e não mais no bar.”

MORAL: A FÉ SALVADORA FAZ QUE A VIDA DE UMA PESSOA SEJA ESTACIONADA NA PRESENÇA DE DEUS, EM VEZ DO PECADO.

É a fé salvadora que faz um cego em Jericó gritar: Jesus filho de David, tem misericórdia de Mim”. É a fé salvadora que faz Zaqueu preparar um grande banquete para Jesus, e resolver viver honestamente”.  E dessa fé que precisamos hoje, em nome de Jesus.

4. Conclusão.

ILUSTRAÇAO: Conta-se que um filósofo realizou uma viagem, mas para chegar ao seu destino devia cruzar um rio grande e caudaloso, numa velha barca. Durante o trajeto ele começou a falar com o barqueiro, e lhe perguntou: – Amigo, você conhece geografia? – Não, não senhor – respondeu o barqueiro, nunca fui à escola. – Se você não conhece geografia, você perdeu 1/4 de sua vida, replicou o filósofo. Então, você sabe gramática? – Não, senhor, como lhe disse, nunca fui à escola. – Lamento dizer, falou o filósofo. Então o senhor acaba de perder mais 1/4 de sua vida. Andaram mais um pouco e o filósofo voltou a perguntar: – amigo, você ao menos sabe matemática? – Não, senhor, também não sei matemática. Só sei mesmo é contar dinheiro. – É lamentável falou o filósofo, pois o senhor com isso já perdeu 3/4 de sua vida. Distraído com a conversa, o barqueiro descuidou e a barca bateu numa grande pedra que havia no meio do rio. A velha barca se rompeu e começou a afundar lentamente. Então o barqueiro perguntou ao filósofo: – Amigo, você sabe nadar? – Não, não sei, disse o filósofo. – então você vai perder toda sua vida, porque esta barca vai afundar. MORAL: Não importa quanto conhecimento temos, quantos bens possuímos, ou quanto sabemos de teologia. Se não sabes nadar na hora de cruzar o rio da eternidade, estás perdido. Saber nadar em um rio agitado é tão essencial como ter a vida eterna para não ser condenado ao inferno.

Jesus é o semeador, e está a procura de corações, de almas sensíveis a sua palavra. Ele diz: “Eis que estou a porta e bato, se alguém ouvir a minha voz eu entrarei e cearei com ele, e ele comigo”. Jesus quer participar dos teus problemas, das tuas dificuldades, da tua vida. Confie e entregue tudo a Ele.

19 thoughts on “SERMÃO BASEADO NA PARÁBOLA DO SEMEADOR. TEMA: Quatro tipos de experiencias e modelos de fé em Deus

  1. Muito boa palavra e me edificou bastante que o Senhor te abençoe e continue trazendo estas palavras para nós despertar no dia a dia.

    Curtir

  2. Essa palavra me ajudou muito, pois ao meditar nessa parábola, não havia percebido o quanto precisamos melhorarmos a cada dia, para fortalecermos a nossa fé em cristo e nos livrarmos das tentações e prazeres que esse mundo oferece. Linda palavra pastor. Que essa fé salvadora seja constante nas nossas vidas….

    Curtir

  3. detalhes maravilhosos que só enriquece nossos conhecimentos, amei…
    que Deus continui te iluminando meu irmão e te dando sabedoria a cada dia ….

    Fátima Martins

    Curtir

  4. nossa q benção de Deus!me ajudou muito essa palavra,pois tenho que pregá-la numa igreja sábado Deus me tocou que será essa,obgd Deus vos abençõe

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s