sermão: Somos responsáveis por usar aquilo que recebemos de Deus em sua obra

Palavra ministrada pelo Pr Josias Moura no culto da posse das novas lideranças do ano 2010

Mateus 25:14-30

1.    Introdução

Você seria capaz de fazer uma viagem e colocar sua casa e todos os seus bens sob a administração de outra pessoa? Certamente só faríamos isso se esta pessoa fosse de confiança.

A parábola dos talentos conta a história de uma pessoa que fez isso. Ele queria viajar, então chamou seus servos, que Ele considerava de confiança, e entregou os seus bens em suas mãos. Cada servo recebe quantidades diferentes de talentos do seu Senhor para administrar. Mais tarde aquele Senhor retorna, e chama os seus servos para que estes prestem conta do que fizeram com os bens que receberam de seu Senhor.

Deus fez exatamente isso. Nos entregou os seus bens. Colocou os bens do seu reino a nossa disposição. Mas que bens são estes? Os dons do Espírito, talentos e habilidades diferentes. Deus nos deu responsabilidades em seu reino. Alguns são chamados para o ministério do louvor, outros dirigem departamentos, outros gostam de ajudar lideres, outros se identificam com o ministério da intercessão, cada um de nós e chamado por Deus para ser um cooperador em uma área especifica no corpo de Cristo.

Esta parábola nos mostra que Deus nos dá dons e talentos para que assumamos responsabilidades com o seu reino. Somos responsáveis por usar bem aquilo que Deus nos deu.

2.    A primeira observação importante desta parábola é que “….a um deu cinco talentos, a outro dois e a outro um….”.

A questão aqui mais importante não é o quanto cada um recebeu, mas como usamos aquilo que recebemos de Deus.

De que maneira temos usados nossos talentos? Para promover mais a Deus, ou deixamos que nossa inteligência, e habilidades sejam totalmente aplicados em objetivos de vida diferentes do plano de Deus para nós.

Observe que dois servos usaram seus talentos para ganhar mais. Um dos servos fez o contrário, enterrou o seu talento, não o usou.

Prestaremos contas a Deus, pelo modo como utilizaremos em seu reino os dons e talentos que temos recebido do Senhor.

Tenho visto pessoas talentosas dentro da Igreja enterrando seus dons, porque foram magoados por alguém, ou porque estão desanimados, ou  sem tempo por causa da vida profissional.  Conheço pessoas que no passado eram uma benção. Hoje estão desestimulados, desanimados e se transformaram em crentes que não usam mais seus talentos.

Minha esperança é que a palavra do Senhor possa ressuscitar sentimentos que estão mortos. Meu desejo é que seu coração seja revigorado, renovado pelo poder do Espírito, de modo que você volte a usar seus dons e talentos no reino de Deus.

3.    Atente para uma outra observação importante que encontramos nos versos seguintes:

24  Chegando, por fim, o que recebera um talento, disse: Senhor, sabendo que és homem severo, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste,  25  receoso, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu.  26  Respondeu-lhe, porém, o senhor: Servo mau e negligente, sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei?  27  Cumpria, portanto, que entregasses o meu dinheiro aos banqueiros, e eu, ao voltar, receberia com juros o que é meu.  28  Tirai-lhe, pois, o talento e dai-o ao que tem dez.  29  Porque a todo o que tem se lhe dará, e terá em abundância; mas ao que não tem, até o que tem lhe será tirado.” (Mateus 25:24-29 RA)

O servo que enterra seus talentos tenta se justificar perante Deus. Mas, o Senhor não aceita suas justificativas. E este servo inútil perde tudo que tem. Seu talento é tirado e dado ao que tem dez talentos.

Aprendo duas coisas importantes aqui:

Primeiro. Não há justificativas para a nossa omissão em deixar de fazer a obra. Não fazer a obra de Deus, quando sabemos que temos dons, que recebemos talentos, é algo que leva o cristão a pecar contra Deus, por negligencia.

Segundo. Quando enterramos os nossos talentos, perdemos até os dons e bênçãos que temos. O servo negligente perdeu seu talento, e este foi dado ao servo que tinha dez talentos.  Lembremos do que o Senhor diz ao servo que não se compromete: “28 Tirai-lhe, pois, o talento e dai-o ao que tem dez. 29 Porque a todo o que tem se lhe dará, e terá em abundância; mas ao que não tem, até o que tem lhe será tirado.”

Eu tenho aprendido que por mais que eu tenha talentos, ou dons, se eu me omitir do meu dever de fazer a obra, outro a fará em meu lugar. Deus levantará outro, o capacitará com os talentos que eu tenho, e ele prosseguirá em realizar a obra de Deus. E se eu for negligente e omisso, perderei as bênçãos de Deus, e verei outro irmão crescendo, e prosperando através de seu serviço no reino de Deus.

4.    Conclusão

Quero me dirigir àqueles que desejam servir a Deus, àqueles que desejam ser vasos usados nas mãos do oleiro, aos que querem produzir frutos, àqueles que desejam servir ao reino de Deus, dizendo que existem promessas, recompensas e galardão para os usam seus dons e talentos para servir a Deus.

Haverá um dia em os olhos de Deus estarão sobre nós. Se tivermos agido como bons servos, que se preocuparam em produzir frutos, ouviremos as seguintes palavras(Mateus 25:23): “Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.”

Se queremos conquistar as grandes bênçãos do reino, sejamos fieis nas pequenas tarefas que Deus coloca em nossas mãos, para que mais tarde sejamos colocados em posição de honra. Honremos a Deus com nossas habilidades, inteligência, dons e talentos para que sejamos honrados pelo Senhor.  Quem honra será honrado. 

 

One thought on “sermão: Somos responsáveis por usar aquilo que recebemos de Deus em sua obra

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s