ESTUDO: AS 7 IGREJAS DO APOCALIPSE

Aula ministrada pelo Pr. Josias Moura no culto de doutrina da Igreja Betel Geisel, João Pessoa Paraíba.

A cada semana estamos ministrando uma nova parte do livro de Apocalipse, e semanalmente estaremos colocando as outras aulas no site.

Para ver as outras aulas no Livro de Apocalipse clique aqui

1.  Introdução

Cada uma das sete cartas que Jesus mandou que João escrevesse às Igrejas da Ásia, são dirigidas ao “anjo da igreja”, ou seja, ao pastor e consequentemente ao povo da igreja naquela cidade.

Estas sete Igrejas, na providência de Deus, nos fornecem um modelo de todas as igrejas, de todas as épocas, e, portanto, são representativas.

As características daquelas igrejas, são pois encontradas em sete fases distintas de toda história da igreja na Terra; desde o pentecostes até a volta de Cristo à Terra. Assim como para aquelas cidades, as cartas contem elogios e repreensões para estas épocas da igreja através dos séculos.

As sete igrejas também simbolizam 07 tipos de Igrejas escatológicas encontradas nos últimos dias.

2.  SIGNIFICADO DO NOME, CARACTERÍSTICA e ÉPOCA NO TEMPO.

1. ÉFESO Igreja autêntica, apostólica 30 a 100 d.C

2. ESMIRNA Mirra (latim) Igreja perseguida, atribulada 100 a 313 d.C

3. PÉRGAMO Cidadela (grego) Igreja mundana, estatal 313 a 590 d.C

4. TIATIRA Igreja papal, corrupta 590 a 1517 d.C

5. SARDES Igreja da Reforma, morta 1517 a 1730 d.C

6. FILADELFIA Amor fraternal (grego) Igreja missionária, evangelistica, fiel 1730 d.C. até o arrebatamento

7. LAODICÉIA Que pertence a Laodice, mulher de Antíoco II Igreja morna, apóstata,  1900 d.C. até a Segunda volta de Cristo

3.  EM CADA CARTA EXISTE UMA MENSAGEM CENTRAL:

1 ÉFESO: Deixaste o primeiro amor, arrepende-te.

2 ESMIRNA: Tereis uma tribulação de dez dias, sê fiel até a morte.

3 PÉRGAMO: Tens lá os que seguem a doutrina de Balaão, arrepende-te.

4 TIATIRA: Toleras Jezabel.

5 SARDES: Tens nome de que vives, e estás morto.

6 FILADELFIA: Eis que diante de ti pus uma porta aberta.

7 LAODICÉIA Nem és frio nem quente, estou a ponto de vomitar-te.

4.  Para cada igreja Jesus se revela com uma das características da visão de Cristo Glorificado, como sendo aquele que tem a resposta para a necessidade daquela igreja.

1. Para a igreja ortodoxa e sempre esforçada em Éfeso, Cristo é aquele que tem as igrejas na sua mão direita, isto é, que lhe sustenta a obra.

2. Para a igreja atribulada em Esmirna, na véspera de martírio, Jesus apresenta-se como aquele que havia experimentado a perseguição, até mesmo a morte e havia vencido.

3. À igreja mundana em Pérgamo, Cristo glorificado é quem maneja a espada dividindo a igreja do mundo.

4. Para a igreja corrupta, Tiatira, Cristo é Juiz com olhos como chamas de fogo.

5. Para a igreja morta, Sardes, Jesus tem os sete Espíritos de Deus e pode ressuscitar os crentes da morte para a vida.

6. À igreja missionária, Filadélfia, Cristo é quem quer abrir a porta para a evangelização.

7. Para a igreja morna, Laodicéia, Cristo é a Fiel e Verdadeira Testemunha, tirando da igreja a máscara da satisfação em si mesma.

5.  O conteúdo das cartas

5.1   ÉFESO

A CIDADE – A cidade de Éfeso era a principal cidade da província romana chamada Ásia, do tamanho do estado do Ceará, nela estava situado o templo da deusa Diana, considerado uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo, e orgulho dos efésios, também segundo uma lenda, a cidade era a guardiã da estátua de Júpiter que caíra do céu. “O escrivão da cidade, tendo apaziguado o povo, disse: Senhores, efésios: quem, porventura, não sabe que a cidade de Éfeso é a guardiã do templo da grande Diana e da imagem que caiu de Júpiter? ” (At. 19:35) O templo de Júpiter, no entanto, ficava em frente a cidade de Listra. (At. 14:13).

Era uma cidade envolvida em ocultismo e magia negra, porém ali o apóstolo Paulo fundou a igreja autêntica. O próprio apóstolo João escolheu Éfeso como centro de seu trabalho na Ásia, e Maria, mãe de Jesus, como passara a morar com João após a crucificação, possivelmente viveu Éfeso os últimos dias de sua vida. Atualmente a cidade Éfeso é só ruínas.

A IGREJA EM ÉFESO – (Tempo na história: 30 – 100 d.C.) – A Igreja autêntica.

Qualidades:

-Era autêntica e ensinava a doutrina verdadeira

-Era uma igreja de muito trabalho e esforço

-Tinha paciência e perseverança

-Pôs a prova os maus crentes

-Sofreu mas não se cansou

-Não permitiu os maus na comunhão da igreja.

-Odeia as obras dos nicolaítas – Seita fundado por Nicolau de Antioquia, infiltrada na igreja de Éfeso e Pérgamo, que procurava entrar em compromisso com o paganismo, a fim de permitir que os cristãos participassem em algumas das atividades sociais e religiosas da sociedade. O termo “nicolaítas” pode ser uma forma helenizada de Balaão, sendo assim, as duas seitas citadas podem ser a mesma.

Defeito:

– Deixou o primeiro amor. – Cuidou da doutrina e da disciplina mas esqueceu as primeiras obras.

Conseqüências:

– Virei em breve quando não esperas

– Tirarei do teu lugar o teu castiçal

Conselhos:

– Lembra de onde caístes. – Esta era a igreja dos apóstolos, que começou no dia do Pentecostes, uma igreja que nasceu com milagres e avivamento, mas com o passar do tempo foi perdendo o seu poder e se tornou uma igreja ortodoxa e sem amor, que punia severamente aqueles que falhavam.

– Arrepende-te – Este mesmo conselho consta em outras cartas do Senhor às igrejas.

– Pratica as primeiras obras – Este aviso dado a igreja de Éfeso, tem sido um alerta para cada cristão zeloso, que procura andar com Deus. Sempre procurar retornar ao primeiro amor, retomar as primeiras obras e buscar o reavivamento antes que esfrie e se torne um crente sem vida.

Recompensa

Ao vencedor … árvore da vida … paraíso de Deus: A recompensa aguarda os vencedores que perseveram no amor e na verdade. Aqueles que desistem, abandonando para sempre o seu amor, não receberão o galardão. Jesus descreve a comunhão com Deus em termos que nos lembram do jardim do Éden. Por causa do pecado, o homem foi expulso do jardim em que Deus andava (Gênesis 3:22-24,8). Aqueles que andam com Deus têm a esperança da vida no paraíso do Senhor.

5.2   ESMIRNA

A CIDADE – Das sete, esta é a única cidade que permanece até hoje com a grandeza que tinha no tempo de João. Atualmente chama-se Izmir e é a maior cidade da Turquia Asiática. Esmirna era o centro do ministério e o lugar do martírio de Policarpo, que fora separado para o episcopado pelo apóstolo João. A carta a esta igreja é a mais resumida das sete e não contem nenhuma repreensão.

A IGREJA EM ESMIRNA – (Tempo na história – 100 a 313 d.C.) – A Igreja perseguida.

Mensagem

– Eu sei as tuas obras

– Sei das tuas tribulações

– Conheço a tua pobreza, mas tu és rico

– Não temas as coisas que hás de padecer

– O diabo lançará alguns na prisão

– Terás uma tribulação de dez dias

– Sê fiel até a morte

O período da Igreja de Esmirna foi o tempo dos mártires. Os cristãos eram perseguidos e mortos, jogados nas arenas de leões, crucificados ou queimados em fogueiras.

O DESTINO DOS APÓSTOLOS

Todos os apóstolos que andavam com Jesus morreram como mártires, com exceção de dois: Judas Iscariotes, que traiu Jesus e acabou se enforcando, e João, que após ser exilado na ilha de Patmos, obteve a liberdade e morreu de morte natural. Com os demais apóstolos ocorreu o seguinte:

Paulo – Não era apóstolo oficialmente, foi considerado apóstolo dos gentios por causa da sua grande obra missionária nos países gentílicos. Foi decapitado em Roma por ordem de Nero.

Matias – Ficou no lugar de Judas Iscariotes, foi martirizado na Etiópia.

Simão – O zelote, foi crucificado.

Tiago (O mais Jovem) – Pregou na Palestina e no Egito, sendo ali crucificado.

Tiago (O mais Velho) – Pregou em Jerusalém e na Judéia. Foi decapitado por Herodes.

Mateus – Morreu como mártir na Etiópia.

Tomé – Pregou na Pérsia e na Índia, sendo martirizado perto de Madras no monte de São Tomé.

Bartolomeu – Serviu como missionário na Armênia, sendo golpeado até a morte.

Filipe – Pregou na Frígia e morreu como mártir em Hierápolis.

André – Pregou na Grécia e Ásia Menor. Foi crucificado.

Simão Pedro – Pregou entre os judeus chegando até a Babilônia, esteve em Roma, onde foi crucificado com a cabeça para baixo.

“Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;” 2 Timóteo 2:12

Recompensa

2:11 – “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte.”

De nenhum modo sofrerá dano da segunda morte: o castigo eterno (20:6,14; 21:8). Os perseguidores poderiam até causar a primeira morte, mas os fiéis não sofreriam a segunda morte (veja Mateus 10:28).

5.3   PÉRGAMO

A CIDADE – Ficava situada a beira de Caico, a cidade era famosa não somente pela biblioteca de duzentos mil volumes, mas também pelo magnífico templo ao deus Esculápio, a quem se atribuía a cura de doentes e a ressurreição dos mortos.

Do nome da cidade vem o termo “pergaminho”. Esta cidade era um lugar de imoralidade, mais de que qualquer outra cidade de então. O Senhor mandou dizer a igreja desta cidade: “…eu sei onde habitas, que é onde está o trono de Satanás.”

A IGREJA EM PÉRGAMO – (Tempo na história 313 a 590 d.C.) – A igreja mundana.

Qualidades:

– Sei as tuas obras

– Retens o Meu Nome

– Não negaste a minha fé

– Antipas minha fiel testemunha foi morto entre vós

Defeitos:

– Tens lá os que seguem a doutrina de Balaão[1]

– Tens os que seguem a doutrina dos nicolaítas[2]

Conselhos:

– Arrepende-te

Conseqüências:

– Virei contra ti e batalharei com espada da minha boca.

Recompensa

2:17- “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei do maná escondido, bem como lhe darei uma pedrinha branca, e sobre essa pedrinha escrito um nome novo, o qual ninguém conhece, exceto aquele que o recebe.”

O maná escondido: Aqueles que recusassem qualquer participação na mesa dos demônios seriam sustentados pelo maná de Deus. Jesus é o maná dado pelo Pai (veja João 6:31-65). Ele sustenta os fiéis e lhes dá vida. A mensagem de Jesus continua oculta para os sábios deste mundo (veja 1 Coríntios 2:6-10).

Uma pedrinha branca com um nome novo escrito: Um nome novo, freqüentemente, sugeria uma nova direção na vida, especialmente de uma pessoa abençoada por Deus (exemplos: Abrão > Abraão; Sarai > Sara; Jacó > Israel). Em Isaías 62:2-4, Desamparada e Desolada recebem nomes novos: Minha-Delícia e Desposada, mostrando a bênção de estar com Deus. Veja, também, 3:12.

A pedrinha branca pode incluir vários significados, conforme os costumes da época. Pedras brancas foram usadas para indicar a inocência de pessoas acusadas de crimes; Jesus inocenta os seus seguidores fiéis.

Pedras brancas foram dadas a escravos libertados para mostrar sua cidadania; os fiéis não são mais escravos do pecado, pois se tornaram cidadãos da pátria celestial (Filipenses 3:20).

Elas foram usadas pelos romanos como um tipo de ingresso para alguns eventos; Jesus permite os fiéis a entrarem na presença dele para o seu banquete (veja 19:6-9). Também foram dadas aos vencedores de corridas e aos vitoriosos em batalha. Os fiéis são vencedores que receberão o prêmio (2 Timóteo 4:7-8).

5.4   TIATIRA

A CIDADE – A rica cidade de Tiatira era conhecida como um centro comercial, no fértil vale do rio Lico. Era também, a cidade de Lídia, a qual, talvez tratando do seu ofício de vender púrpura (At.16), ouviu a pregação do apóstolo Paulo e foi salva. Não sabemos se foi ela quem levou o evangelho a Tiatira; o certo é que o Evangelho chegou até lá, e que havia uma próspera igreja na cidade.

A IGREJA DE TIATIRA – (Tempo na história 590 a 1517 d.C.) – A igreja corrupta, papal.

Qualidades:

– Conheço a tua caridade (amor)

– Serviço, fé e paciência

– Tuas últimas obras são mais que as primeiras.

Defeitos:

– Toleras Jezabel, mulher que se diz profetiza, ensinar e enganar os meus servos, para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria.

– Dei-lhe tempo para que se arrependesse e não se arrependeu.

Conseqüências;

– Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação. Ferirei de morte os seus filhos.

O período desta igreja é maior de todos. Foi a época em que as trevas cobriram a verdadeira igreja. A idolatria, o culto às relíquias e aos santos, o sacrifício da missa, o batismo de crianças, o celibato clerical e muitos outros dogmas de homens foram introduzidos no seio da igreja e a verdadeira doutrina foi sucumbida.

Recompensas

Autoridade sobre as nações: Os cristãos perseguidos foram vítimas da maldade dos homens poderosos deste mundo, até do poder do governo. Mas os vencedores dominariam sobre as nações com o poder do Ungido de Deus (compare a linguagem deste texto com Salmo 2:8-9). Jesus daria aos fiéis o privilégio de participar deste vitorioso reino messiânico (veja 5:9-10; Romanos 5:17; Efésios 2:6).

A estrela da manhã: Jesus é a estrela da manhã (22:16; veja 2 Pedro 1:19). Qual maior recompensa para o vencedor do que chegar ao eterno dia iluminado para sempre pela luz de Jesus?

5.5   SARDES

A CIDADE – Sardes era a antiga capital de Lídia, o império do célebre e rico Creso. A cidade, situada no sopé da montanha Tmolo, à beira do Pctolo, era famosa pelas suas riquezas e luxo. Conforme a tradição, Sardes foi a primeira cidade dessa região a receber o Evangelho sob a pregação do apóstolo João. Também foi a primeira a desviar-se da fé e uma das primeiras a virar ruínas.

A IGREJA EM SARDES – (Tempo na história – 1517 a 1730 d.C.) – A igreja morna.

Qualidades:

– Tens pessoas que não contaminaram seus vestidos; comigo andarão de branco.

Defeitos:

– Tens nome de que vives, mas estás morto.

– Não achei as tuas obras perfeitas diante de Deus. – Pode-se também entender como: “Não achei as obras completas”. Há grande inclinação para se começar várias obras, sem completar a que já começamos.

Conseqüências:

– Se não vigiares, virei contra ti como um ladrão.

Conselhos:

Sê vigilante e consolida o resto que estava para morrer, porque não tenho achado íntegras as tuas obras na presença do meu Deus. – (Ap. 3:2). – Aqui existe uma ordenança para consolidar os fracos na fé. – “que estão para morrer”. Quem sabe as obras incompletas fossem o descaso com os mais fracos, que estavam morrendo na fé.

Arrepende-te.

Promessas ao vencedor:

1. Ao que vencer será vestido de vestes brancas. – As vestes brancas simbolizam a justiça.

2. De maneira nenhuma riscarei o seu nome do Livro da Vida. – O nome dos mortos não podem fazer parte do Livro da Vida, por isso este alerta para a “igreja morta”. – Isso também demonstra que é possível o nome de um crente ser riscado do Livro.

3. Confessarei o seu nome diante do Meu Pai. – Referencia ao texto de Mateus 10:32 – (Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus;)

Dentro da igreja morta, o Senhor levanta um grupo de vencedores. Estas promessas são para eles. – “Ao que vencer”.

5.6   FILADÉLFIA

A CIDADE – Filadélfia era uma cidade da Lídia, 40 quilômetros distante de Sardes, edificada por Atalo Filadelfo, rei de Pérgamo.

A IGREJA EM FILADELFIA – (Tempo na história – 1730 d.C. até o Arrebatamento)

É possível uma igreja ser irrepreensível? A igreja de Esmirna e de Filadélfia eram. Das sete, são as únicas que o Senhor não tinha nenhuma repreensão.

Qualidades:

– Guardaste a minha Palavra.

– Não negaste o Meu Nome.

Promessas:

– Pus diante de ti uma porta aberta.

– Os da sinagoga de satanás virão e adorarão prostrados aos teus pés.

– Eu te guardarei da hora da tentação.

RECOMPENSAS AO VENCEDOR

12-13 – Ao vencedor, fá-lo-ei coluna no santuário do meu Deus, e daí jamais sairá; gravarei também sobre ele o nome do meu Deus, o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém que desce do céu, vinda da parte do meu Deus, e o meu novo nome.

Ao vencedor, fá-lo-ei coluna no santuário do meu Deus: As colunas de Filadélfia racharam e caíram em um terremoto algumas décadas antes, mas as colunas no verdadeiro templo de Deus jamais seriam destruídas. As colunas não são de pedra; são colunas vivas e firmes. Jesus não fala somente de líderes nas igrejas (veja Gálatas 2:9), mas de todos os fiéis que vencem com ele. Os discípulos do Senhor são, ao mesmo tempo, pedras vivas e sacerdotes (1 Pedro 2:5-9).

Daí jamais sairá: Os vencedores permanecerão no templo para sempre. Gozarão comunhão eterna com Deus.

Gravarei…sobre ele: Várias descrições mostram a posição privilegiada do vencedor. Nomes gravados sugerem posse. O vencedor pertence a Deus. Ele faz parte do “povo de propriedade exclusiva de Deus” (1 Pedro 2:9). Ele também pertence à cidade de Deus, a nova Jerusalém. A nova Jerusalém é a noiva de Cristo (21:2). O vencedor faz parte da noiva, da igreja que pertence somente a Jesus. Ele recebe, também, o nome de Cristo. Jesus confessará abertamente os nomes dos seus servos (Mateus 10:32).

A Igreja de Filadélfia é a Igreja Fiel. Nasceu no avivamento após a Reforma Protestante. Ela segue paralela com a igreja Laodicéia, a igreja morna. Nos últimos dias da história da igreja o joio e o trigo estarão juntos, sendo separados no dia da colheita. Note que a Igreja de Filadélfia encerra no dia do Arrebatamento, pois ela não vai passar pelos sete anos da Grande Tribulação. Já a Igreja de Laodicéia continua até a Segunda Vinda de Cristo, logo após os sete anos do reinado do Anticristo.

5.7   LAODICÉIA

A CIDADE – Laodicéia era uma cidade sobre o rio Lico, famosa pelos amplos muros, e como Roma, edificada sobre sete montes. Parece que o apóstolo Paulo se esforçou para introduzir o Evangelho em Laodicéia, de onde escreveu uma epístola, acerca da qual se refere em Col. 4:16. A cidade foi destruída por um terremoto em 62 d.C. e reconstruída por seu próprio povo, o qual se orgulhava de o fazer sem pedir auxílio ao governo. Era uma das mais ricas cidades da Ásia, pois dos rebanhos de ovelhas daquela região produziam a excelente lã negra de altíssimo preço. Por isso os moradores de Laodicéia se achavam ricos e bem vestidos. Ali também era produzido um colírio valioso e único, procurado por todas as outras cidades da região e até outros países. Em sua carta, o Senhor Jesus ignora estes valores materiais e diz como vê aquele povo: “pobre, cego e nu”.

A IGREJA EM LAODICÉIA – (Tempo na História = 1900 até a 2 ª volta de Cristo)

Ao contrário da Igreja em Filadélfia que não houve nenhuma repreensão, a igreja em Laodicéia não recebeu nenhum elogio do Senhor. Esta igreja é chamada de apóstata, pois tem negado o seu Senhor através de suas atitudes mundanas.

E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos. – (Mt. 24:12)

Defeitos:

– Nem és frio nem quente.

Conseqüências:

– Vomitar-te-ei da minha boca (a água morna é usada para provocar vômito)

– Eu repreendo e castigo todos quantos amo.

Conselhos:

– Compres de mim ouro provado no fogo para que te enriqueças, vestidos brancos para que te vistas, e que unjas os teus olhos com colírio para que vejas.

– Eis que estou a porta e bato, se alguém ouvir e abrir, entrarei.

RECOMPENSAS

3:21-22 – Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono. 22 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.

Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono: Os vencedores terão o privilégio de reinar com Cristo (veja 2:26-27; 20:4). Tal honra não seria para os orgulhosos e auto-suficientes, mas para os humildes e obedientes. Jesus foi obediente ao Pai aqui na terra para ser exaltado ao lado dele no céu (Filipenses 2:8-9). Somente os obedientes serão exaltados com Cristo.

Apesar de vivermos nos dias da igreja morna, existe também a igreja fiel e irrepreensiva. É esta Igreja que o Senhor Jesus vem buscar. O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida. – (Ap. 22:17)

Para todas as igrejas de todas as épocas e cidades, a mensagem final do Senhor Jesus é: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às Igrejas.”

Continuaremos na aula 03. Que Deus te abençoe!

Pr. Josias Moura de Menezes

Igreja Betel Geisel. João Pessoa.


[1] A descrição da doutrina de Balaão refere-se à história do Velho Testamento (Números 22-25; 31:16). No final dos 40 anos de peregrinação, os israelitas chegaram perto da terra prometida. Acamparam-se nas campinas de Moabe, e os moabitas e midianitas ficaram amedrontados. Balaque chamou Balaão para amaldiçoar o povo, mas Deus frustrou todas as suas tentativas de falar contra os israelitas. Balaão desistiu de suas maldições, mas procurou outra maneira de vencer o povo de Israel. Deu o conselho de convidá-los a participarem de uma festa idólatra. Nesta festa, muitos israelitas se envolveram na idolatria e na imoralidade, e Deus mandou uma praga que matou 24.000 israelitas.

[2] nicolaítas – Seita fundado por Nicolau de Antioquia, infiltrada na igreja de Éfeso e Pérgamo, que procurava entrar em compromisso com o paganismo, a fim de permitir que os cristãos participassem em algumas das atividades sociais e religiosas da sociedade. O termo “nicolaítas” pode ser uma forma helenizada de Balaão, sendo assim, as duas seitas citadas podem ser a mesma.

52 thoughts on “ESTUDO: AS 7 IGREJAS DO APOCALIPSE

  1. A Paz de Cristo.
    Boa noite Pastor. Ótimo estudo, me ajudou bastante, em relação ao trabalho que eu tenho que apresentar. Que Deus continue a lhe abençoar grandemente. Que o Senhor possa, cada vez mas ser usado pelo Espírito Santo de Deus.
    Que Deus abençoe o seu ministério. Fique com Deus.

    Curtir

  2. Oi pastor; existe um canal na TV chamado Novo Tempo, se vc assistir ira agregar a vc um maior conhecimento sobre apocalipse e outros ensinos..

    Curtir

  3. Querido Josias, sou eu, Marcos Barbosa, amigo do seu Pai e seu também.
    Adorei o estudo, muito bom.
    Um abraço a todos.

    Curtir

  4. Graça e paz pastor,eu quero te agradecer pelo seu site e pelo seus estudos,pois eu fico feliz quando vejo pessoas interessadas em ensinar a palavra de DEUS,pois como a mesma diz “porque meu povo se perde por falta de conhecimento Oséias 4:6” desde de já deixo o meu muito obrigado,e quero lhe dizer, continue com seus estudos!pois devemos crescer na graça e no conhecimento.

    Curtir

  5. Interessante, mas “Nicolaítas” representa os que impõem governo hierárquico dentro da igreja. A palavra vem de “nike” + “laos”, isto é, “vencer, dominar” + “povo” [leigos, laicato, laicidade].
    Eu creio que essa postura está na origem do sistema católico romando, um fermento que já então começava a “crescer” dentro da Igreja.
    Abraços
    Georges

    Curtir

  6. A paz do senhor Jesus Pastor Josias Moura sou missionaia da Assembleia de DEUS.Hoje durante a escola bíblica dominical DEUS me concedeu uma linda visão Um anjo entrava no templo carregando um castiçal cheguei em casa me alimentei do seu estudo.muito abençoadoDEUS continue te abençoando.

    Curtir

  7. Muito bom o estudo; porém quanto a segunda vinda de Cristo há um equívoco,pois, não haverá segunda vinda, e sim, Jesus voltará só uma vez para buscar seu povo. A bíblia nunca falou em 7 anos depois do arrebatamento isso é um erro Hermenêutico e Exegético,pois, quando ELE vier, arrebatrá os seus escohlidos destruirá o Anti Cristo com o esplendor da sua vinda e toos os ímpios morrerão com a espada que sai de sua boca, ( II Tessalonicenses 2:1-17; Apocalípse 19:11-21).

    Curtir

  8. Obrigado Pr. Josias pelo Estudo do Apocalipse. Estou ensinando sobre a 7 Igreja, e este é primeiro Estudo coerente que encontrei. Vai ser grande valia. Peço permissão para utilizar partes para postar em meu site após a conclusão do estudo. Graça e Paz vos seja multiplicada. PS: Pr. Roseval WF – AD Belém em Laranjal Paulista SP.

    Curtir

  9. Caro Josias, não creio que Filadélfia caminhe lado a lado com a igreja de Laodicéia, mas que encerrando seu período, Filadélfia dará o seu lugar à igreja de Laodicéia, esta sim, é a igreja do arrebatamento. este acontecimento ocorrerá nos tres anos e meio conforme conforme profecias de Daniel, ratificadas pelo próprio Jesus. pensar que no arrebatamento antes da última semana de Daniel, é um erro grosseiro.
    abraços, Olympio Ramos

    Curtir

    • claro que caminha amado!!! nao ves a situaçao espiritual da Igreja na Europa? vc acha que ali é ainda filadélfia? claro que nao! sao laodicenses! é só analisar.

      Curtir

  10. não creio que Laodicéia caminhe junto com filadélfia, mas que laodicéia ao encerrar o seu período dá lugar imediatamente à igreja de filadélfia; esta sim a igreja do arrebatamento. Iremos até a metade da grande tribulação, ou seja 3,5 anos onde os crentes desta igreja serão provados antes do arrebatamento.
    olympio ramos

    Curtir

  11. paz ,querido sou professora da maior Escola do mundo, Escola biblica Dominical, estou acrescentando, informaçoes a proxima aula, estamos estudando sobre o apocalipse, agradeço em nome de Jesus.

    Curtir

  12. estol munto contente em ter achado esta pagina de estudos
    biblicos pois para mim cera munto praserozo acessala constante mente pois cei que encontrarei conteudo para o meu crecimento espiritual que deus abençoe a todos que organisan este trabalho .

    Curtir

  13. Pr. Josias, estou maravilhado em ler os seus conhecimentos teologicos, sou escritor de varias obras, pr. do ministerio Missionario Apostolico Cristo Rei estalado na cidade de Icó Ceará. como escrevo muito a respeito de escatologia. estou te pedindo autorização para escrever alguns trechos seus que possa me ajudar dentro dos assuntos abordados. Muitos fazem isso sem pedir autorização, mas sempre q escrevo algo de alguem gosto de citar o nome dos autores.

    pr. manoel ferreira Teodozio.

    Curtir

  14. na minha fraqueza nao consequia enchergar mais clamei ao senhor por temor dos meus erros e das meus deleicho e o senhor me mostrou esse ensino e consequi mais uma ves abrir o meus olhos

    Curtir

  15. Pr Josias dentro da sua linha teologica este estudo está muito bom!
    Apenas quero fazer uma observação a respeito do apostolo Paulo quanto ao seu apostolado. Pois existias quatro critérios fundamentais para ser apostolo diretamente de Cristo:

    1º – Ser testemunha ocular da ressurreição – (1 Co 9.1; 1 Co 15.3-9, At 9.1-8;At 26.16 );
    2º – Ser chamado diretamente por Cristo – At 26.16; Rm 1.1.outros)
    3º- Fundadores da doutrina (At 2.42ss.,Ef 2.20ss)
    4º-Marcas do Apóstolo – 2 C0 12.12.

    Certamente ele não era considerado pelos homens apostolo, por isto mesmo ele, insiste em registrar em suas cartas este oficio.

    É importante frisar que o nº 12 não era quantitativo, mas, um titulo de um colegio chamado diretamente por Jesus. Exemplo disto, era Tiago irmão de Jesus foi incluido neste colégio.

    Estou aberto para qualquer refutação de forma amigável, pois, seus estudos tem me edificado muito.

    Deus continue lhe abençoando.

    Curtir

  16. Amigo pastor estou maravilhado com seu site, como é maravilhoso saber que podemos abrir uma pagina virtual na net que contenha tantas coisas boas. que o senhor continue te abençoando mais e mais . a partir de hoje sou mais um na soma dos que oram pela sua vida. caso você pudesse gostaria de receber um estudo sobre sangue e
    comidas impuras. Pr_klaus@hotmail.com esse é o meu endereço ficarei muito grato.

    Curtir

  17. Acredtito que as cartas do Apóstolo Joaõ eram ,suprimentos alimentares para que estes permanecessem fiéis a Cristo.
    Vejamos o Evangelho a Luz do nascimento de Jesus,e seus novo mandamento:
    Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo.
    Ele não veio para destruir as Leis , só acrescentou o perdão, acabara ali o Olho por olho e dente por dente.

    Curtir

  18. olá pastor josias moura,graça e paz amém.estou maravilhado a cada dia com apalavra de DEUS,nem um Homem pode conhecer a DEUS ou mesmo crer [ter fé] sem antes ouvi-lo.louvo a Deus por sua vída e seu rebanho.você tem os pés formosos,RM CP10;a seguir.leia.35 anos de católico apostólico romano não aprendir 3% do que sei hoje atraves dos cristãos evangelicos,que tem dedicado do seu tempo a trasmitir conhecimentos de Deus.hoje sou um evangelista [ganhador de muitas almas [vidas] para o SENHOR JESUS] , amei o estudo vou proseguir-lo.Se o senhor jesus permitir e o pastor Josias me der oportinidade estarei contigo em nome do SENHOR AMÉM.

    Curtir

  19. A paz do senhor pastor JOSIAS MOURA meu nome é LEANDRO E SOU DIÁCONO DA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM MESQUITA RJ,gostei muito do estudo sobre as 7 igrejas da ásia,desde o primeiro di que me converti não sei por qual motivo,fiquei muito interessado sobre essas 7 igrejas,e aprendi muito com seu estudo,gostaria se possivel claro de saber se o senhor pode me dá a referência biblica sobre o destino dos apóstolos mencionado nesse estudo, ficarei muito agradecido e deus abençoe.

    Curtir

  20. As sete epístolas nos cap.2 e 3 são um registro da verdadeira situação existente nas sete igrejas quando as epístolas foram escritas. No entanto visto que este é um livro de sinais que tem uma natureza profetica, as situações das sete igrejas também são sinais, que representam profeticamente o progresso da igreja em sete etapas. A PRIMEIRA epístola, a igreja em Èfesios, apresenta um quadro no fim da igreja inicial,a igreja na primeira época, durante a última metade do século I. A SEGUNDA epístola a igreja em Esmirna, prefigura a igreja sofredora sob perseguição do Império Romano, desde a última metade do século I até a primeira metade do século IV, quando Constantino o grande, César do Império Romano, concedeu o favor impérial.A TERCEIRA epístola à igreja em Pérgamo, pré-simboliza a igreja mundana, a igreja casada com o mundo, desde que Constantino aceitou o cristianismo até a época do estabelecimento do sistema papal, na segunda metade do século VI. A QUARTA epístola, a igreja em Tiatira retrata profeticamente a igreja apóstata, desde a ordenação do sistema papal na segunda metade do século VI até o fim desta era,quando Cristo voltar.(Essa igreja é a identificação da igreja católica romana). A QUINTA epístola, à igreja em Sardes, prefigura a igreja protestante, desde a Reforma na primeira metade do século XVI até a vinda de Cristo. A SEXTA epístola,à igreja em Filadélfia, prediz a igreja do amor fraternal, a restauração da vida da igreja adquada, (a igreja do coração de Cristo), desde desde a primeira metade do século XIX, quando os irmãos se levantaram na Inglaterra para práticar a igreja fora de qualquer sistema denominacional e facciosa, até a segunda manisfestação do Senhor. A SÉTIMA epístola,à igreja em Laodicéia, prefigura a vida da igreja degradada dos irmãos,desde a última metade do do século XIX até á vinda de Cristo O Senhor!

    JESUS É O SENHOR AMÉM!

    Curtir

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s